Pular para o conteúdo principal

A foto mostra a plateia de um teatro.
Foto: Adão de Souza

Edital Descentra descentraliza e desconcentra recursos e atividades culturais

28/08/2018 | 19:06 | atualizado em 05/11/2018 | 09:32

 A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, lança o Edital Descentra 2018. A proposta é democratizar o acesso aos recursos da Política Municipal de Fomento à Cultura, destinados a projetos artísticos e culturais, ampliando a participação de artistas e agentes culturais e promovendo a distribuição mais igualitária por todas as regionais da cidade. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 28 de agosto a 28 de setembro de 2018. O edital e os formulários necessários à inscrição estão disponibilizados no site pbh.gov.br/descentra.

Criado em 2013, o Descentra contou com duas edições, em 2014 e 2015, sendo interrompido por dois anos. De volta em 2018, o edital traz algumas novidades como simplificação das inscrições e revisão de critérios de seleção.

O edital destinará, por meio do Fundo Municipal de Cultura, R$ 1 milhão para a seleção de projetos culturais que valorizem a expressão artística e cultural nas mais diversas regiões da cidade. A principal premissa é a democratização do acesso à cultura, aos bens e serviços artístico-culturais do Município, visando à descentralização das atividades culturais fomentadas pela política cultural de Belo Horizonte. Outro objetivo é a desconcentração de recursos, buscando favorecer o desenvolvimento de todas as regionais de Belo Horizonte de maneira equilibrada e igualitária, bem como seu público e seus artistas, agentes, coletivos, grupos e instituições culturais, além do intercâmbio entre estes.

A seleção dos projetos será feita pela Câmara de Fomento à Cultura Municipal e levará em consideração critérios como a descentralização das atividades, acessibilidade, democratização do acesso, ocupação dos equipamentos culturais públicos, entre outros. O edital inclui ainda como critério de seleção a acessibilidade cultural para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, pessoas com dificuldade na língua/linguagem, pessoas em situações sociais desfavoráveis, bem como as crianças, os idosos e demais públicos tradicionalmente não contemplados em programas e atividades culturais.

Podem se inscrever apenas pessoas físicas e cada projeto selecionado poderá receber até R$ 20 mil. Podem ser inscritos projetos que possuam caráter artístico e/ou cultural, dentro dos setores artísticos: artes visuais; audiovisual; circo; dança; literatura; música; patrimônio material/memória; patrimônio imaterial/identidades culturais; teatro/musical/ópera; e, como novidade, foi criada a categoria multisetorial, para projetos transversais e reúnam mais de uma linguagem artística.


Caravana da Cultura

Dando continuidade à ação realizada durante o período de inscrições da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, a Secretaria Municipal de Cultura volta a realizar a Caravana da Cultura. Visando instruir os interessados sobre os processos de inscrições, critérios de avaliação e construção de projetos culturais, além de tirar as dúvidas dos empreendedores, a Caravana, composta por gestores e representantes da Secretaria e da Fundação Municipal de Cultura, irá percorrer dez centros culturais municipais, localizados em diferentes regionais de Belo Horizonte.

A experiência realizada no âmbito da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, além de democratizar o acesso à informação, possibilitou que novos empreendedores se apoderassem das ferramentas de fomento à cultura e à criação artística, ampliando a diversidade de olhares, agentes e territórios que poderão ser atendidos pela política cultural do Município.

Também no intuito de favorecer o acesso e facilitar os procedimentos relacionados ao edital, a edição 2018 traz uma simplificação do processo de inscrição, com redução da burocracia e de parte dos documentos obrigatórios, além da substituição de planilha financeira por um plano de utilização dos recursos financeiros, entre outros aspectos.


Agenda caravana cultural

Centro Cultural Pampulha - 3/9, 19h as 21h30
Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185 - Bairro Urca - CEP: 31.360-310
Ônibus: 4403A, 4403D, 4410, 2810, 2830, S51

Centro Cultural Bairro das Indústrias - 4/9, 19h as 21h30
Rua dos Industriários, 289 - Bairro Novo Indústrias - CEP: 30.610-280
Ônibus: 1145, 341, 7950

Centro Cultural Lindeia Regina - 5/9, 19h as 21h30
Rua. Aristolino Basílio de Oliveira, 445 - Bairro Regina - CEP: 30.692-190
Ônibus: 1270, 1110, 1330, 1100, S33, 1760

Centro Cultural Alto Vera Cruz - 10/9, 19h as 21h30
Rua. Padre Júlio Maria, 1577 - Bairro Alto Vera Cruz - CEP: 30.285-360
Ônibus: 901, 9407, 9503

Centro Cultural São Bernardo - 11/9, 19h as 21h30
Rua Edna Quintel, 320 - Bairro São Bernardo - CEP: 31.741-313               
Ônibus: S70, S65, S55, 712, 705

Centro Cultural Padre Eustáquio - 12/9, as 21h30
Rua. Jacutinga, 821 - Bairro Padre Eustáquio - CEP: 30.730-430               
Ônibus: 4410, 4405, 4034, 4111, 4501, 9408

Centro Cultural Venda Nova - 13/9, às 21h30
Rua José Ferreira Santos, 184 - Bairro Novo Letícia - CEP: 31.640-060
Ônibus: 635, 634

Centro Cultural Vila Marçola - 17/9, 19h as 21h30
Rua Mangabeira da Serra, 320 Bairro Serra - CEP: 30.220-265
Ônibus: 2102, 9106, 8150, 107

Centro Cultural São Geraldo - 18/9, 19h as 21h30
Rua Silva Alvarenga, 548 - Bairro São Geraldo - CEP: 31.050-640
Ônibus: 9502, 9250, 9550, 9211 e 9214

Centro Cultural Usina de Cultura – 19/9, 19h as 21h30
Rua Dom Cabral, 765 Bairro Ipiranga CEP: 31.160-150
Ônibus: 9106, 8103


Últimas Notícias

Duas crianças estão de pé, segurando suas bicicletas, acompanhadas por adulto, também de pé. Ao fundo, pessoas passeiam, durante o dia. Bossa nova, blues, jazz e carnaval no BH é da Gente do dia 17/11

Apresentações musicais, oficina de circo, circuito de bike e brincadeiras tradicionais são as atrações do BH é da Gente do dia 17/11.

14/11/2019 | 19:03
Mapa da operação de trânsito Operação especial na Rodoviária em função do feriado de 15/11

A BHTrans realiza, de 13 a 18/11, intervenções operacionais no trânsito na região da Rodoviária organizar e garantir a fluidez de veículos.

12/11/2019 | 16:06