Pular para o conteúdo principal

Horta Comunitária
Divulgação/PBH

Chefs de cozinha conhecem hortas comunitárias de Belo Horizonte

criado em 24/10/2022 - atualizado em 24/10/2022 | 16:31

Nesta terça-feira (25) chefs de cozinha farão uma visita à horta comunitária Vila Pinho, no Barreiro - que compõe o Circuito Curto da Agricultura Urbana -, e ao Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional Mercado da Lagoinha para conhecerem um pouco mais sobre a produção de alimentos dentro da cidade.

 

No percurso da visita, os chefs farão uma viagem ao tempo e serão apresentados à história da horta comunitária, conhecerão a rotina de produção de alimentos e conversarão com os agricultores sobre a importância da horta. A intenção é promover parcerias comerciais e incentivar a comercialização de alimentos produzidos com base nos princípios agroecológicos dentro da cidade, fortalecendo a agricultura urbana, a geração de renda para os agricultores e o acesso a alimentos saudáveis à população.

 

Na segunda parte do trajeto, os chefs conhecerão parte do Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional Mercado da Lagoinha, o CRESAN, onde participarão de uma mostra da agricultura urbana, com preparações elaboradas com produtos  de origem local para degustação, como: coquetel com ervas medicinais, salada mineira com azeite de ervas tostadas, bolinho de ora-pro-nóbis assado com molho de queijo meia cura e banana caramelada com rapadura e cachaça.

 

Uma das ações desenvolvidas no CRESAN é o Programa Valorização da Gastronomia Articulada à Agroecologia, programa de formação e qualificação profissional em quatro grandes áreas de conhecimento gastronômico e culinário: Agroecologia, Panificação, Confeitaria e Gastronomia Mineira e Belo-horizontina. O Programa realiza capacitação profissional de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, proporcionando perspectivas de inserção produtiva no setor alimentício e gastronômico, contribuindo também para a promoção da segurança alimentar no município.

 

O diferencial do Circuito Curto da Agricultura Urbana é que permite o encontro entre produtores e consumidores, com benefícios para os dois lados. Os produtores têm melhores condições para venda de seus produtos, além de poder combinar a demanda com os consumidores, que por sua vez, encontram produtos em maior variedade, podem conhecer a origem do alimento e a qualidade dessa produção. Nesse contexto, valoriza-se a conservação ambiental, a economia verde, a promoção da justiça social, a geração de renda e o incentivo ao consumo consciente.

 

Cidade Criativa da Gastronomia

 

A gastronomia é um dos principais ativos de Belo Horizonte. Nos últimos anos, o segmento e suas vertentes se tornaram uma aposta estratégica da Prefeitura de Belo Horizonte, tanto no posicionamento e promoção, quanto no desenvolvimento de políticas públicas do município, assim como nas ações voltadas para fomentar a segurança alimentar. Todo esse trabalho de criatividade gastronômica como motor de desenvolvimento sustentável culminou com o reconhecimento pela Unesco de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia.

 

Serviço

Visita com Chefs às Unidades Produtivas (Hortas)
Local: Horta Comunitária Vila Pinho (R. Olaria, 1050 - Diamante)
Data: 25 de outubro
Horário: 13h às 17h