Pular para o conteúdo principal

Campanha Natal Seguro intensifica ação da Guarda Municipal

14/12/2017 | 16:48 | atualizado em 21/03/2018 | 13:36
Alertar a população no sentido de evitar a ação de ladrões, com dicas de prevenção, sobretudo, contra o roubo de celulares. Este é um dos principais objetivos da Campanha Natal Seguro, que a Prefeitura de Belo Horizonte iniciou esta semana, no hipercentro da capital, por meio da Operação Sentinela. A execução fica a cargo da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH), que atua no policiamento comunitário preventivo da cidade, em conjunto com as demais forças de segurança estaduais e federal.


Como o mês de dezembro é um período em que as ruas ficam mais movimentadas em função das compras de fim de ano, a intensificação da Operação Sentinela foi o caminho escolhido pela Guarda Municipal para marcar a Campanha Natal Seguro de 2017, que este ano tem sua terceira edição. O objetivo é aumentar a sensação de segurança dos cidadãos no hipercentro, onde o índice de roubos a transeuntes costuma aumentar de forma expressiva, nessas ocasiões. 
 



Três praças 

A Operação Sentinela foi lançada em março de 2017 e tem se destacado pelo empenho de um efetivo de 120 guardas municipais no patrulhamento a pé das três praças do hipercento de BH que concentram maior fluxo de pessoas e que vinham sendo palco de ocorrências de roubo. São elas a Praça Sete, a Praça Rio Branco (Praça da Rodoviária) e a Praça da Estação. Os agentes realizam abordagens a pessoas com atitude suspeita e fazem a repressão do crime, quando presenciam flagrantes de furto, roubo ou outros delitos.

 

Durante a Campanha Natal Seguro deste ano, o patrulhamento da Operação Sentinela se estenderá para os quarteirões em volta de cada uma das praças, sobretudo onde for constatado uma aglomeração de pessoas, como em pontos de ônibus e locais de travessia de pedestres. Os guardas farão contatos individuais com os cidadãos, distribuindo folheto, criado pela Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção com dicas de segurança pessoal.


O material enumera uma série de atitudes que podem evitar a ação de criminosos, como, por exemplo, não falar ao celular em locais abertos, não comprar produtos oferecidos por ambulantes clandestinos e com preço muito abaixo do valor de mercado e manter a bolsa sempre junto ao corpo. A campanha se estende até 31 de dezembro, quando a Operação Sentinela retomará seu ritmo normal. 

 

14/12/2017. Natal Seguro. Divulgação/GMBH