Pular para o conteúdo principal

Cidadão olha luneta instalada no Mirante dos Mangabeiras durante o dia.
Foto: Amira Hissa/PBH

Belo Horizonte ganha lunetas para observação da paisagem urbana da cidade

05/12/2018 | 17:53 | atualizado em 09/04/2019 | 09:53

Valorizar ainda mais nossa paisagem urbana. É com esse objetivo que a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio de Belotur, vem oferecer uma opção para quem quer observar com mais detalhes o horizonte. Em comemoração ao aniversário da capital mineira, foram instaladas lunetas de observação terrestre em dois pontos da cidade. Duas peças serão inauguradas, nesta quinta-feira, dia 6, na rua Sapucaí, região conhecida recentemente pelo renascimento cultural e pelas obras do Circuito Urbano de Arte (CURA). O outro local que ganhou o presente foi o Mirante dos Mangabeiras, com três peças.

 

“Belo Horizonte já é uma cidade cheia de mirantes, de vistas surpreendentes, com vários pontos de contemplação. O que estamos fazendo com a instalação dessas lunetas é colocar uma ‘grande angular’ nesses locais, valorizando o que a cidade tem de melhor. E essas são só as primeiras. O plano é levar o projeto para outros mirantes da capital”, defende Aluizer Malab, presidente da Belotur.

 

As lunetas escolhidas são resistentes a água, vento, sol e adversidades causadas pelo clima. Com um sistema de observação terrestre com capacidade ótica de aproximação (zoom), o aparelho é composto por lentes antirreflexivas de qualidade superior, montado em um corpo blindado de alumínio fundido. As lentes possuem foco pré-ajustado conforme o local de instalação. Dessa forma, os usuários não precisarão fazer nenhum tipo de regulagem, o que facilita a observação por pessoas de todas as idades, mesmo aquelas que não tenham muita habilidade no manuseio do equipamento. Todas as lunetas giram no sentido vertical e horizontal.

 

A instalação foi feita com apoio da Sudecap, tanto na rua Sapucaí, quanto no Mirante dos Mangabeiras. Neste segundo, houve também o acompanhamento da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica. O material e os equipamentos necessários para a intervenção foram fornecidos pela Belotur . “A qualificação dos espaços turísticos da cidade é muito importante. Ela traz benefícios não só para os nossos cidadãos, mas também para as pessoas que visitam esses locais tão icônicos como o Parque das Mangabeiras”, comenta Sérgio Augusto Domingues, presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Foto aérea do Bairro Sion na década de 1990, com prédios e área verde em elevações. Exposição virtual retrata a cartografia da regional Centro-Sul de Belo Horizonte

Abertura da mostra, que visa divulgar o acervo do Arquivo Público da Cidade de BH, acontece às 9h, na Secretaria Municipal de Educação. 

20/05/2019 | 20:59
IX Conferência Municipal de Educação de Belo Horizonte. Avaliação dos PMEs Qualidade Social da Educação e Garantia de Direitos. Dias 11, 12 e 13 e julho de 2019. Estão abertas as inscrições para IX Conferência Municipal de Educação

A PBH publicou no DOM do dia 17/5, o decreto nº 17.107, com a data de realização da IX Conferência Municipal de Educação.

17/05/2019 | 21:34