Pular para o conteúdo principal

Cinco garis da SLU realizam limpeza calçada de avenida.
Foto: Avanilton de Aguilar/PBH

Avenida Vilarinho recebe medidas para prevenção de chuvas

20/09/2017 | 17:30 | atualizado em 20/09/2017 | 18:28
Para aumentar a segurança dos cidadãos, permitindo melhor vazão das águas nos períodos chuvosos, as ações de limpeza promovidas pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) serão intensificadas na região de Venda Nova a partir de 25 de setembro. A desobstrução de bocas de lobo vai contemplar toda a extensão da avenida Vilarinho até o fim deste mês, enquanto a coleta domiciliar será toda unificada para o período noturno no dia 2 de outubro, evitando que sacos de lixo fiquem expostos nas vias públicas por um longo período.


No ano passado, a água invadiu o estacionamento no qual Wesley Correa Santos trabalha, bem ao lado da estação do metrô Vilarinho, em Venda Nova. “A água nos pegou de surpresa, deixando vários carros boiando aqui dentro”, lembra o manobrista.


A dona de casa Tereza Silva Oliveira, de 65 anos, moradora do bairro Vila Clóris, nas proximidades de uma área de alagamento, conta que basta chover para a rua na qual mora parecer um rio. “Sempre que ocorre uma inundação, meu filho precisa estacionar o carro na rua das Laranjeiras, em um ponto mais alto”, lamenta. A moradora se anima e concorda que a limpeza evitará o acúmulo de lixo e o entupimento das galerias pluviais com garrafas de plástico, colchões, travesseiros e outros resíduos. Dessa forma, ela espera não presenciar cenas como as de veículos sendo levados pela enchente na Vilarinho.

O trabalho da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), em conjunto com a Gerência de Infraestrutura da Coordenadoria de Atendimento Regional Venda Nova, prevê também a implantação de dois Pontos Limpos em lugares críticos de deposições clandestinas existentes na avenida, além do hidrojateamento das bocas de lobo e bueiros, como complemento das ações manuais.

Gerente regional de Limpeza Urbana Venda Nova, Clarício Tolentino de Aguiar destaca que a coleta de resíduos domiciliares, que hoje é realizada em turnos alternados, ficará mais eficiente no período noturno. “Essa é uma das principais medidas que serão adotadas naquela região, para facilitar as ações de fiscalização e campanhas educativas, evitando que haja lixo em diversos pontos da via, de manhã, à tarde e à noite”, explica o gestor.


Educação ambiental

Entre os dias 25 e 29 deste mês, a comunidade será orientada sobre o novo horário de recolhimento do lixo doméstico e a indicação da Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV) mais próxima para o descarte de entulhos e materiais volumosos.

Os comerciantes de peças usadas de veículos serão alertados quanto à proibição de descarte desse tipo de material não apenas na extensão da avenida, mas também na própria URPV, procurando minimizar as deposições clandestinas. A atividade de sensibilização da população será coordenada pelo departamento de Políticas Sociais e Mobilização da SLU e contará com a participação da equipe de Zoonoses de Venda Nova, da Diretoria Regional de Fiscalização e da empresa KTM Engenharia.
 
 

20/09/17. Ações na av. Vilarinho. Fotos: Avanilton de Aguilar/PBH