Pular para o conteúdo principal

Arte de divulgação
Divulgação/PBH

4ª rodada de reuniões das comissões de transporte começa nesta segunda-feira (7)

criado em 04/11/2022 - atualizado em 04/11/2022 | 15:53

A partir desta segunda-feira (7), começa mais uma rodada de Reuniões Ordinárias das nove Comissões Regionais de Transportes e Trânsito (CRTT) de Belo Horizonte. Nesses encontros, que acontecem bimestralmente, o cidadão acompanha e recebe atualizações sobre as demandas das CRTTs, realiza treinamentos, acompanha apresentações de propostas sobre transportes e trânsito, além de serem atualizados sobre as ações da BHTrans.

 

Todos os moradores podem participar e têm direito a voz nas reuniões das CRTTs, mas só os representantes eleitos podem votar. Alguns encontros ainda estão sendo realizados de forma on-line, por meio da plataforma Zoom, conforme Portaria BHTRANS Nº 06/2021. Para as reuniões virtuais é necessário fazer inscrição. Veja as datas:

 

Regional Leste - Segunda-feira, dia 7/11               

Regional Barreiro - Terça-feira, dia 8/11

Regional Venda Nova - Quarta-feira, dia 9/11

Regional Pampulha - Quinta-feira, dia 10/11      

Regional Oeste - Segunda-feira, 21/11

Regional Nordeste - Terça-feira, 22/11  

Regional Centro-Sul - Quarta-feira, 23/11            

Regional Norte - Quinta-feira, 24/11      

Regional Noroeste - Segunda-feira, 28/11

Clique aqui e se inscreva para participar das reuniões ordinárias por regional

 

O que é a CRTT?

 

A Comissão Regional de Transportes e Trânsito (CRTT) é o espaço de participação popular regional da Prefeitura de Belo Horizonte. É um fórum democrático de caráter consultivo, sugestivo, opinativo e informativo para discussão de questões sobre o transporte público, trânsito, mobilidade e planejamento urbano de Belo Horizonte. A CRTT atua nas nove regionais administrativas do município.

 

A Comissão consiste na instância de interação entre a população e o Poder Executivo Municipal, sendo coordenada pela BHTrans, por meio da Assessoria de Mobilização Social, e visa assegurar aos cidadãos o acesso à informação, à participação no processo de elaboração, debate, sugestão, implantação, desenvolvimento e manutenção das políticas públicas de transportes, trânsito e mobilidade. Seus representantes são eleitos pela comunidade local.