Pular para o conteúdo principal

Zooboteca possibilita interação com riquezas da fauna e flora
Foto: Suziane Brugnara

Zooboteca possibilita interação com riquezas da fauna e flora

criado em 03/05/2022 - atualizado em 03/05/2022 | 18:38

A Zooboteca da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB) já está aberta para receber o público. Quem vê o nome, pensa que irá encontrar grandes estantes com livros, mas na realidade se depara com um aconchegante espaço que mistura riquezas da fauna e flora, estimulando a interação dos visitantes. Na área de 40m², com equipamentos de áudio e vídeo, são desenvolvidas atividades de sensibilização voltadas para a compreensão da importância da conservação da biodiversidade como um elemento essencial na promoção da qualidade de vida.

As ações geralmente são planejadas de maneira a estimular as pessoas a fazerem uso dos quatro sentidos (tato, olfato, visão e audição). Além disso, estão aliadas à missão educativa da instituição, que é a de contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de respeito à vida, baseada no relacionamento saudável das pessoas entre si e com o ambiente.

A Zooboteca sempre conta com a presença de um mediador, que além de interagir com os visitantes, os estimula a explorar diferentes elementos expositivos, como: ovos de aves, penas, ovos e mudas de pele de répteis, chifres, frutos e sementes, o que torna a experiência ainda mais significativa. Há, ainda, a interação entre as pessoas que frequentam o local, gerando novas discussões e troca de informações, ressaltando a importância social do espaço para a aprendizagem. Muitas pessoas costumam retornar trazendo um ou mais acompanhantes e acabam atuando como multiplicadores das mensagens internalizadas em experiências anteriores.

Bichos-pau despertando curiosidades

Quem visita o espaço pode ser surpreendido, a qualquer momento, por moradores ilustres do local: os bichos-pau. Eles são uma atração à parte, despertando a curiosidade não apenas de crianças, mas também de jovens e adultos. Esses insetos têm a camuflagem como estratégia de sobrevivência e ficam em um lugar especial na Zooboteca. Além de conhecer um pouco mais sobre suas características, é possível ter uma interação bem próxima com eles.

Funcionamento

A Zooboteca fica dentro da Zoobotânica (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 8000 - Pampulha) e está aberta à visitação de terça a sexta-feira (exceto feriados e recessos), das 9h às 11h; das 14h às 16h e, no último domingo do mês, das 10h às 12h; e das 13h às 15h. A capacidade é de até 10 pessoas por vez.

20 anos de Zooboteca

Inaugurada em 11 de dezembro de 2001, fruto de uma parceria entre a antiga Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH), o Unibanco Ecologia e a Fundação Biodiversitas, a Zooboteca é um espaço educativo que reúne elementos da fauna e flora que compõem o rico patrimônio natural mantido pela Zoobotânica, uma das unidades da FPMZB. 

Alguns anos após a sua implantação, em 2008, retomou-se a parceria com o Instituto Unibanco, por intermédio da Sociedade de Amigos da Zoobotânica. Com isso, foi possível realizar algumas intervenções no espaço como a implantação de uma entrada acessível e o desenvolvimento do projeto educativo “Minas, Fauna & Flora: conhecer, apreciar, respeitar”. Durante oito meses, uma escola pública do entorno participou um estudo detalhado sobre os biomas mineiros a partir dos animais e das plantas que se encontram sob os cuidados da instituição.

Nesses 20 anos, cerca de 75 mil pessoas participaram das ações que foram desenvolvidas no espaço. Um público bastante diversificado formado por crianças, jovens, adultos, idosos, grupos familiares, cidadãos belorizontinos, da região metropolitana, do interior de Minas e de outros estados,e educandos dos mais diversos níveis de escolaridade (Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Superior) e, também, socioeconômico.

Algumas atividades têm tido retorno bastante positivo por parte desse público, como as exposições temáticas, que são realizadas nas programações educativas especiais, com o objetivo de contextualizar esse espaço dentro da temática do evento ou de uma campanha educativa realizada ou apoiada pela instituição. As exposições são cuidadosamente preparadas levando em consideração algumas características que favorecem o processo de aprendizagem como, por exemplo, tenham elementos que possibilitam a interação, conteúdos claros e objetivos e de fácil acesso a todos.

ANO

TÍTULO

2004

Primavera em PET.

2005

Vestígios da Natureza.

2006

Saúde, Nutrição e Bem-estar Animal.

2007

Cores que voam.

Peixes e Paisagens da Bacia do Rio São Francisco.

2008

Entre cobras, lagartos e tartarugas.

Anfíbios: quem são?¹

2009

De Jardim Zoológico a Fundação Zoo-Botânica: 50 anos de história.

2010

Biodiversidade: a vida que se manifesta nas mais variadas formas e cores.

2011

Gorilas: conhecer, amar, respeitar.

2012

Biodiversidade na Zoo-Botânica: conhecer e se encantar.

2013

Brincando de rimas com os animais.

Biodiversidade brasileira: conhecer para preservar.

Minha Amiga é uma Anta².

2014

Vida de Tatu².

2015

Filhotes na Zoobotânica: cuidar com carinho.

O Lobo-guará e o Cerrado².

2016

Plantas leguminosas³.

Papagaios do Brasil².

2017

Frutos dos biomas brasileiros: conhecer para preservar³.

Quanto + Mico Melhor!²

2018

Orgânico é saúde³.

Levante essa bandeira... Conheça os tamanduás do Brasil².

2019

A importância das abelhas na polinização³.

Todos juntos pela conservação².

OBS: nos anos 2020 e 2021, em virtude da pandemia da Covid-19, esse espaço permaneceu fechado à visitação.

¹Atividade desenvolvida como parte da campanha internacional “Ano do Sapo” (The Year of the Frog) lançada pela Amphibian Ark.

²Atividades desenvolvidas como parte da campanha educativa anual lançada pela Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil.

³Atividades desenvolvidas como parte da programação da Semana Nacional do Alimento Orgânico (SNAO).