Pular para o conteúdo principal

Imagem de Mico Leão no Zoológico de Belo Horizonte
Foto: Suziane Fonseca

Zoo de BH e outras instituições de conservação ambiental oferecem curso virtual

30/06/2020 | 14:24 | atualizado em 01/07/2020 | 11:32

O Jardim Zoológico de Belo Horizonte permanece de portas fechadas ao público, mas nem por isso as crianças e jovens ficarão sem as tradicionais atividades educativas realizadas por lá no período das férias escolares. Isso porque, juntamente com mais 18 instituições de conservação ambiental de todo o país, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, gestora do Zoo de BH, vai oferecer, de forma virtual, atividades lúdicas durante o Curso de Férias “Cada macaco no seu galho”, entre 1º e 31 de julho. 

 

O nome, embora pareça ter sido escolhido com base no momento de isolamento social pelo qual o mundo passa, é uma referência oportuna a outra importante ação de conservação ambiental: o lançamento da Campanha Nacional “Somos todos primatas”, pela Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), que tem o objetivo de chamar a atenção para a preservação das espécies de primatas existentes no mundo. 

 

A gerente de educação ambiental da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, Nadja Simbera, explica que nesse momento da pandemia, com todas as instituições contribuindo com medidas preventivas e mantendo as portas fechadas ao público, é importante manter as atividades educativas ativas, já que elas contribuem para ampliar a consciência para a conservação ambiental e são muitos procuradas pelas famílias justamente nessa época do ano. 

 

“A união dessas 19 organizações, entre Ong’s, Zoos, Aquários, Parques, Museus e Jardins Botânicos, é resultado natural do desejo coletivo de contribuir sistemática e significativamente para uma formação das crianças que contemple as questões ambientais desde cedo. Participar desta importante iniciativa é uma forma de mantermos viva a missão da gerência de educação ambiental da Fundação de Parques e Zoobotânica de BH nesse momento de isolamento social, em que estamos privados temporariamente do contato físico com os visitantes”, explica Nadja. 

 

O curso de férias “Cada Macaco no Seu galho” acontece de 1º a 31 de julho. Cada instituição será responsável pela programação de um dia e as atividades serão postadas na fanpage do curso e também compartilhadas nas redes sociais de cada uma das instituições envolvidas. Elas também serão disponibilizadas para as escolas utilizarem de maneira curricular ou extra-curricular, a qualquer tempo. 

 

A Fundação vai participar da programação nos dias 23 e 24 de julho. No dia 23, apresentará o Jogo da Memória “Macacos Ameaçados: quem é quem?”. Nadja explica que a proposta do jogo é apresentar de maneira lúdica aos participantes algumas das espécies de primatas ameaçados de extinção no Brasil, alguns dos quais podem até ser observados em unidades de conservação do munícipio e do estado, como os parques municipais de BH. Já no dia 24, a Fundação oferece a atividade “Uma Aventura com os Primatas Brasileiros”, que consiste em vídeos e um quiz para apresentar os primatas que vivem no Zoológico de Belo Horizonte, de maneira divertida, mostrando como cada pessoa pode contribuir para a conservação da fauna. 

 

Até lá, as crianças podem e devem ficar ligadas em toda a programação do curso, que já começa nesta quarta-feira, dia 1º, com atividade da Fundação Ecológica e Zoobotânica de Brusque (SC).

 

 

Programação do Curso de Férias

01/07- Quarta
Instituição: Fundação Ecológica e Zoobotânica de Brusque (SC)
Título: “Brinque com o bugio”
Público-alvo: A partir de 8 anos
Objetivo: Conhecer e aprender sobre as características e particularidades do bugio-ruivo (Alouatta guariba clamitans); - Estimular a concentração e o desenvolvimento da coordenação motora da criança.
Recurso didático: Por meio de vídeo explicativo apresentar as características do bugio-ruivo (Alouatta guariba clamitans) e propor a confecção de origami de primata para brincar em casa.


 

03/07- Sexta
Instituição: Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (SC)
Título: “A Grande Família dos Caranguejeiros”
Público-alvo: Para todas as idades
Objetivo: Conhecer a vida e o comportamento familiar da espécie de macacos caranguejeiros (Macaca fascicularis) finalizando com uma atividade divertida de dança que tem o propósito de reunir todos os integrantes da família. 
Recurso didático: Vídeo sobre as características dos macacos caranguejeiros, no final será apresentado/ensinado uma coreografia de dança.


 

05/07- Domingo
Instituição: Parque Ecológico de São Carlos/ ICAS / FUBÁ (SP)
Título: “E agora? Como atravessar essa rodovia?” – Origami dos animais que vivem perto das rodovias
Público-alvo: 9 a 10 anos
Objetivo: Trabalhar a problemática das colisões entre humanos e animais de forma lúdica, por meio de contação de histórias e da confecção de origamis dos animais.
Recurso didático: Construção de Origami.
 


08/07- Quarta
Instituição: BioParque Rio (RJ)
Título: Primatas do Brasil
Público-alvo: Todas as idades
Objetivo: Apresentar primatas característicos do país, principalmente da mata atlântica, suas curiosidades, aspectos de conservação da espécie e produção de desenhos pelas famílias participantes.
Recurso didático: Atividade “Quiz”


 

09/07- Quinta
Instituição: Parque da Água Vermelha e Zoológico de Sorocaba (SP)
Título: Qual macaco sou eu?
Público-alvo: A partir de 6 anos
Objetivo: Conhecer algumas espécies brasileiras de primatas que vivem no zoo (sauim-de-coleira, muriqui-do-sul, sagui-do-tufo-preto, macaco-prego-do-peito-amarelo, bugio-preto) por meio de suas características gerais (biologia, ecologia e curiosidades), gerando identificação com as mesmas.
Recurso didático: Buzzfeed (atividade estilo “Quiz”)


 

10/07- Sexta
Instituição: Parque da Água Vermelha e Zoológico de Sorocaba (SP)
Título: Que macaco será que fez a coisa?
Público-alvo: A partir de 4 anos
Objetivo: Conhecer a alimentação, em vida livre e no zoológico, de dois primatas nativos de Sorocaba e região (macaco-prego e bugio), destacando a importância das áreas verdes e naturais para a conservação da fauna local.
Recurso didático: Vídeo investigativo com direito a visita ao setor de nutrição para descobrir curiosidades sobre os primatas.


 

12/07- Domingo
Instituição: Parque Zoológico Municipal de Bauru (SP)
Título: As aventuras do Macaco-Aranha
Público-alvo: A partir de 4 anos
Objetivo: Despertar a curiosidade de crianças e oferecer conhecimento sobre o macaco aranha.
Recurso didático: Contação de histórias com fantoches e cartilha de atividades sobre os primatas para ser impressas.


 

13/07- Segunda
Instituição: Zoo Pomerode (SC)
Título: Conversando sobre Primatas
Público-alvo: Todas as idades
Objetivo: Mostrar a diversidade de espécies de primatas; explicar a importância deste grupo de animais; informar as funções do zoológico.
Recurso didático: Contação de história com fantoches.


 

15/07- Quarta
Instituição: Zoológico de Varginha (MG)
Título: Cada macaco no seu galho
Público-alvo: A partir de 6 anos
Objetivo: Apresentar a diversidade de primatas brasileiros; sensibilizar, através da arte, o despertar da consciência para a conservação dos primatas e da fauna e flora brasileiras.
Recurso didático: Vídeo aula.


 

16/07- Quinta
Instituição: Prefeitura de Sapucaia do Sul (RS)
Título: “Cacá lê para você! Quer ouvir uma história?”
Público-alvo: A partir de 4 anos
Objetivo: Sensibilizar os participantes quanto à importância do Mico-leão-dourado, por ser uma espécie endêmica do Brasil, que ocorre exclusivamente na Mata Atlântica.
Recurso didático: Leitura da história e atividade motora de coreografia.


 

17/07- Sexta
Instituição: Centro de Educação Ambiental e Zoológico Municipal de Garça (SP)
Título: Desenhando com as sombras
Público-alvo: A partir de 5 anos
Objetivo: Estimular a criatividade e a percepção do meio ambiente usando como tema norteador o hábitat e os hábitos do Bugio (Aloutta caraya)
Recurso didático:  Vídeo sobre as características do Bugio e seu habitat e oficina de desenho com sombras
Materiais necessários para oficina: Papel (sulfite ou cartolina), lápis, borracha, lápis de cor ou giz de cera para colorir. Para as sombras são necessários animais em miniatura (caso a criança não possua os animais em miniatura, será disponibilizado um molde para ser feito em papel).


 

19/07- Domingo
Instituição: Arca do Noah - Parque de Educação Ambiental (RJ)
Atividade 1 - Aprendendo com os Saguis 
Público-alvo: A partir de 3 anos
Objetivo: Mostrar como é realizado o manejo com os saguis, apresentar duas espécies de saguis e mostrar enriquecimento.
Recurso didático: Vídeos didáticos e informativos sobre as duas espécies de saguis que temos Callithrix jacchus e Callithrix penicilata.


Atividade 2 - Brigadeiro com Pimenta Rosa
Público-alvo: A partir de 12 anos
Objetivo: O sabor da aroeira, seu odor e a cor são estímulos sensoriais e provocam curiosidade, não só nos animais, mas nos humanos também. Assim, aprenderemos a fazer um delicioso brigadeiro gourmet utilizando essa especiaria, proporcionando uma deliciosa sobremesa para as férias.
Recurso didático: tutorial em vídeo de como fazer o brigadeiro, com a receita na descrição do vídeo.


Ingredientes:

 

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher de sopa de manteiga 
  • 1 colher de chá de pimenta-rosa seca e moída (você pode encontrar em feiras, mercados, casas especializadas em ervas e produtos naturais, entre outros).

Com todos os ingredientes na panela, fogo desligado, mexer até obter uma mistura o mais homogênea possível. Ligar o fogo, em temperatura baixa e cozinhar o brigadeiro até que ele “dê o ponto” e desgrude do fundo da panela. Transferir para um recipiente untado e deixar descansar para esfriar.
Caso queira enrolar, colocar na geladeira para que fique bem firme, facilitando o trabalho. Ou comer o famoso brigadeiro de colher! Pode até usar um pouquinho da Pimenta-rosa para enfeitar o brigadeiro...

 

22/07- Quarta
Instituição: R3 Animal (SC)
Título: Cuxiú: o macaco que bebe água com as mãos.
Público-alvo: A partir de 6 anos
Objetivo: Apresentar a espécie Cuxiú (Chiropotes satanas) e seu papel na natureza; ressaltar as ameaças para a espécie, abordando o tráfico de animais; destacar a importância da união de todos para preservar o meio ambiente.
Recurso didático: Contação de história através de vídeo de animação com uso de imagens e desenhos.


 

23/07- Quinta
Instituição: Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica/Prefeitura de Belo Horizonte (MG)
Atividade 1 - Título: Jogo da Memória “Macacos Ameaçados: quem é quem?”
Público-alvo: A partir de 6 anos.
Objetivo: Apresentar de maneira lúdica algumas espécies de primatas ameaçados de extinção que ocorrem no Brasil, estimulando a memorização rápida de imagens e textos. 
Recurso didático: jogo da memória virtual (disponibilizado através de um link) no qual o jogador clica nas cartas e estas se viram em pares. Ao clicar em uma próxima dupla de carta as anteriores desviram e o jogador é estimulado a memorizá-las para uma próxima tentativa em formar pares iguais. 


 

24/07- Sexta
Instituição: Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica/Prefeitura de Belo Horizonte (MG)
Atividade 2 - Título: “Uma Aventura com os Primatas Brasileiros”.
Público-alvo: A partir de 09 anos
Objetivos: Apresentar os primatas brasileiros que vivem no Zoológico de Belo Horizonte, de maneira divertida, mostrando como cada um pode contribuir para a conservação da fauna. Estimular a concentração e o raciocínio.
Recurso didático: vídeo com apresentação das informações sobre as espécies e quiz.

 


26/07- Domingo
Instituição: Parque Zoológico Municipal de Canoas (MG)
Atividade 1 - Título: Proseando sobre Bugios
Objetivo: Aprender sobre a biologia dos Bugios-ruivo (Alouatta guariba clamitans).
Recurso didático:  Vídeo de curiosidades sobre o bugio, passo-a-passo de uma dança puramente gaúcha de nome “Bugio” e caça-palavras e pintura para download. 
Público-alvo: crianças e adultos 



Atividade 2 -Título: Dando nome ao Macaco
Objetivo: Conhecer e dar nome ao novo integrante do Zôo Canoas, uma Sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus).
Desenvolvimento: Vídeo contando a evolução do tratamento do animal.
Recurso didático: Convidaremos as crianças a votar em uma das opções de nome para o sagüi.
Público-alvo: Crianças de todas as idades poderão participar.


 

29/07- Quarta
Instituição: Zoológico Municipal de Curitiba (PR)
Título: Na trilha do Muriqui
Público-alvo: A partir de 5 anos
Objetivo: Estimular a curiosidade; conhecer alguns conceitos importantes em conservação, incentivar o trabalho em grupo – cooperação.
Recurso didático: Realização de um jogo tipo quiz no Centro de Educação Ambiental e tour pelo recinto dos muriquis-do-sul.


 

31/07- Sexta
Instituição: Museu do Dante (SP)
Título: Atividade 1 -  Macaco na mão
Público-alvo: A partir de 7 anos
Objetivo: Estimular a criatividade através da pintura com as mãos, a fim de ilustrar as espécies de primatas que foram conhecidas no decorrer do curso. Propor que as pinturas sejam enviadas por foto para a fanpage para divulgação.
Recurso didático: Vídeo do passo a passo de como desenhar uma macaco utilizando o formato da mão. A gravação será feita no espaço dos dioramas do museu, onde antes do início da atividade aparecerá em forma de um pequeno tour a imagem do espaço. 


Título: Atividade 2 -  Somos todos primatas!
Objetivos: Apresentar através de crânios algumas semelhanças, que fazem os seres humanos e os macacos pertencerem à mesma ordem dos primatas.
Recursos didáticos: Conversa com biólogo educador e um fantoche que representará o público infantil, crânios de diversos primatas inclusive do humano, fantoche.


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48