Pular para o conteúdo principal

Dois profissionais do esporte brincando

Videoaulas em canal on-line da PBH promovem brincadeiras para crianças

23/02/2021 | 17:33 | atualizado em 23/02/2021 | 17:33

Produzidas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, três videoaulas voltadas a crianças de 3 a 5 anos estão disponíveis no canal da Prefeitura de Belo Horizonte no youtube. O conteúdo é apresentado e orientado por servidores municipais que são profissionais e estagiários de Educação Física.

As atividades oferecidas em ambiente digital buscam contemplar a cultura corporal de movimento, com o foco na ludicidade e desenvolvimento infantil, por meio de jogos, brincadeiras, danças e  circuitos, entre outros.

Com a identificação “Brincadeiras EMEIs” no título, esse conteúdo destinado às crianças de 3 a 5 anos pode ser encontrado na playlist do programa Esporte Esperança, que visa garantir às crianças e aos adolescentes o acesso aos esportes, aos jogos, à ginástica e às brincadeiras.

Ainda no canal da Prefeitura, o Esporte Esperança produz conteúdos voltados a crianças e adolescentes com idade entre 6 e 17 anos, como videoaulas de modalidades esportivas, jogos e outras atividades. 

Com a pandemia da Covid-19 e as medidas de distanciamento social, as videoaulas foram criadas para suprir a paralisação do atendimento presencial de programas de esporte e lazer da Prefeitura, como Esporte Esperança, Vida Ativa e Superar. O conteúdo audiovisual on-line é destinado não apenas aos usuários desses programas, mas também à população.

A primeira série de materiais on-line teve início em maio do ano passado, com o programa Vida Ativa, voltado a pessoas com mais de 50 anos e principalmente aos idosos. Em seguida, estrearam no canal os conteúdos do Superar, para pessoas com deficiência (PCD), e do Esporte Esperança, dirigido a crianças e adolescentes (3 a 17 anos).

O secretário municipal de Esportes e Lazer de Belo Horizonte, Elberto Furtado, destaca que a realização de atividades físicas, jogos e brincadeiras é importante para a saúde física e mental, ainda mais em tempos de distanciamento social e confinamento.

“Nesse momento difícil para toda a população, em especial para idosos, pessoas com deficiência, crianças e adolescentes, as videoaulas ajudam a atenuar os efeitos desse isolamento.” Conforme portaria publicada no Diário Oficial do Município, o atendimento presencial dos programas Superar, Esporte Esperança e Vida Ativa está suspenso por tempo indeterminado desde 20 de março do ano passado, em função da pandemia e em conformidade com as ações da Prefeitura para conter a propagação da Covid-19 e preservar a saúde da população.