Pular para o conteúdo principal

Imagem aérea de foliões durante o carnaval de BH
Foto: Divulgação/PBH

Trabalho educativo da Fiscalização contribuiu para a segurança do Carnaval

13/03/2019 | 09:35 | atualizado em 13/03/2019 | 10:26

As inúmeras ações preventivas e de orientação realizadas pela Subsecretaria de Fiscalização para garantir a correta utilização do espaço urbano e a segurança dos blocos e dos foliões mais uma vez trouxeram resultados positivos para o Carnaval em BH. Entre os dias 16 de fevereiro a 10 de março, cerca de 580 pessoas, entre fiscais de atividades urbanas e controle ambiental e auxiliares, se revezaram em escalas no Centro de Operações da Prefeitura (COP-BH) e em campo.

 

A atuação dos profissionais contabilizou mais de 3,5 mil ações preventivas. Diretor-presidente da Belotur, Gilberto Castro ressaltou o empenho do trabalho da Fiscalização com a realização de ações educativas. “Com o esforço da Fiscalização conseguimos reduzir o número de garrafas de vidro ao realizar ações preventivas e campanhas de conscientização junto aos bares e restaurantes. Foi um trabalho incrível e incansável, que proporcionou um resultado fantástico ao Carnaval de BH”, elogiou.


Subsecretário de Fiscalização, José Mauro Gomes ressaltou que o trabalho preventivo realizado pelos fiscais e auxiliares contribuíram para a garantia de uma festa segura e organizada. “Investimos em várias ações educativas. Exemplo disso foi a campanha junto a bares e restaurantes localizados na região de realização dos principais blocos e eventos conscientizando os responsáveis a não comercializarem bebidas em garrafa de vidro”, frisou.