Pular para o conteúdo principal

Trabalho do Consultório de Rua é tema de Colóquio

24/09/2018 | 18:41 | atualizado em 05/11/2018 | 15:03

 

O II Colóquio Consultório de Rua: Redução de Danos Pelas Ruas da Cidade, promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), será realizado das 9 às 17 horas desta terça-feira, dia 25 de setembro, no Centro de Referência da Juventude (CRJ). O objetivo do encontro é discutir o trabalho realizado pelo Consultório de Rua, de forma a contribuir para dar maior visibilidade e fortalecer a Política de Álcool e Outras Drogas na capital, na perspectiva da redução de danos.
 

O evento é aberto ao público. A expectativa é reunir cerca de 300 pessoas. A programação traz palestra sobre o cuidado com populações vulneráveis, do trabalho de redução de danos, da arte em cenas de uso, do adolescente de rua, além de apresentações culturais e exposições artísticas construídas pelo público acompanhado.
 

Os Consultórios de Rua atuam junto à população em situação de rua que faz uso abusivo de álcool e outras drogas. Por meio do serviço são desenvolvidas ações compartilhadas e integradas com as políticas públicas de forma intersetorial. A equipe é composta por enfermeiro, psicólogo, assistente social, arte-educador e redutor de danos. Atualmente, a capital conta com quatro equipes, que atuam nas regionais Centro-Sul, Noroeste, Oeste e Norte.
 

O serviço utiliza uma Van como ponto de apoio no território e funciona de segunda a sexta-feira em período intermediário (15h às 21h). O dispositivo visa conhecer o público, estabelecer vínculo e acompanhar os casos de uso abusivo de drogas, construindo as ações e estratégias em conjunto com as pessoas em acompanhamento.
 

O Consultório de Rua desenvolve atividades na própria cena de uso e promove oficinas de promoção da saúde no local. Entre as atividades de oficina estão passeios, idas ao cinema, atividades culturais e esportivas e eventos comemorativos.