Pular para o conteúdo principal

Teatro Raul Belém Machado recebe espetáculo infantil
Foto: Marcos Martins/PBH

Teatro Raul Belém Machado recebe espetáculo infantil

criado em 07/10/2022 - atualizado em 07/10/2022 | 14:01

O Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado recebe, neste sábado (8) e domingo (9), às 16h,  o espetáculo infantil “A Caixa Mágica”, do grupo Cia Gaveta Caída, com direção de Laurent Porto. A peça faz uma releitura dos personagens infantis clássicos, como a Bela e a Fera, a Branca de Neve e a Chapeuzinho Vermelho, apresentando ao público novos aspectos sobre eles. Os ingressos variam entre R$15 (meia), R$ 30 (inteira) ou no valor promocional único de R$16 nas compras on-line antecipadas. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site ou na bilheteria do teatro, a partir de duas horas de antecedência. A programação completa dos teatros municipais pode ser acessada no Portal Belo Horizonte.

O espetáculo "A Caixa Mágica" é resultado de um processo de criação coletiva, inspirado no livro "A misteriosa caixa do contador de histórias", do escritor Sérgio Palmiro Serrano. A peça faz uma releitura de contos infantis clássicos e estabelece uma relação de cumplicidade com a plateia, que se diverte à medida que os personagens são apresentados. No enredo, questões universais e contemporâneas são abordadas com leveza e humor, como o protagonismo feminino e a quebra de estereótipos masculinos, com a Chapeuzinho Vermelho em busca de independência, a Bela como uma investigadora sagaz e o Príncipe Encantado, que só quer encontrar o amor da sua vida.

A peça é um entretenimento para toda família e se preocupa em não subestimar a criança enquanto espectadora. Por isso, trabalha com recursos dinâmicos no texto, na atuação, no cenário, na iluminação e na trilha sonora ao vivo, buscando a atenção dos pequenos. Os adultos também se divertem, já que a peça está recheada de referências que só eles compreendem totalmente.

O espetáculo “A Caixa Mágica” é apresentado em Belo Horizonte desde 2016 e já compôs, por duas vezes, a Campanha de Popularização do Teatro de Sete Lagoas e o edital da Fundação Municipal de Contagem.

Este espetáculo foi selecionado por meio do Edital de Chamamento para Uso e Ocupação dos Teatros Públicos Municipais.