Pular para o conteúdo principal

Homem de violão sorri.
Foto: Nilce Gomes

Teatro Francisco Nunes recebe show de viola do mineiro Joaci Ornelas no dia 13

08/11/2019 | 17:04 | atualizado em 08/11/2019 | 17:04

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, promove, no domingo, dia 10 de novembro, às 11h, no Teatro Francisco Nunes, mais uma edição do projeto Música de Domingo. O show será o “Viola Brasileira”, do músico mineiro Joaci Ornelas. No repertório, composições autorais e do cancioneiro popular, permeadas por algumas prosas sobre o universo da viola brasileira, sua origem e trajetória no Brasil. A apresentação tem entrada gratuita mediante a retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

 

Joaci Ornelas é cantador, violeiro, compositor e instrumentista, natural de Salinas, Minas Gerais. Mudou-se Belo Horizonte na década de 1970. Estudou teoria musical, harmonia e história da música na Escola de Artes-BH com o Maestro Márcio Miranda Pontes, e estudou violão com os professores Adalberto Santos e Tássio Moreira. Autodidata em viola caipira, tendo como referências os mestres tocadores do São Francisco, norte de Minas, e os violeiros Tião Carreiro e Renato Andrade. Já se apresentou em diversos espaços culturais de Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, e várias cidades do interior de Minas Gerais.

 

Seu trabalho é resultado de dedicação à música, pesquisas e vivências com participações em atividades culturais de tradição de mestres violeiros, tocadores e foliões em comunidade rurais no vale do São Francisco, Minas Gerais. Possui quatro álbuns: "No dizer do sertão” (2016), "Andejo" (2006), “Vivaviola - Viva a Cantoria” (2014), e “Vivaviola - sessenta cordas em movimento” (2010), sendo as duas últimas gravações coletivas. Produziu e participou de diversos seminários e encontros de violeiros realizados em São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. É um dos idealizadores do grupo Vivaviola – movimento de valorização e difusão da música de viola em Minas Gerais – com os violeiros Chico Lobo, Pereira da Viola, Wilson Dias, Bilora e Gustavo Guimarães.

 

Atualmente, além de sua carreira artística, é diretor musical do Grupo Meninas de Sinhá. Na área de audiovisual, produziu e dirigiu os documentários "Taboquinha da Tapera - Expressão Cultural de um Povo" (2014), "Mestres da viola" (2013) - ANVB, e "I Seminário Nacional de Viola Caipira" (2008) - ANVB. Também produziu e dirigiu os CDs “Foliões e Tocadores”, na comunidade de Taboquinha, São Francisco (MG), em 2013, e “O congado em Bom Jesus de Matozinhos” com as guardas na cidade de Matozinhos (MG).

 

Música de Domingo

 

O projeto Música de Domingo foi retomado e ampliado pela Prefeitura de Belo Horizonte em setembro. A proposta traz uma programação musical quinzenal, nas manhãs de domingo, com shows, debates, workshops, e outras atividades ligadas à área musical. O objetivo é resgatar a programação musical no Teatro Francisco Nunes, atrair o público frequentador do Parque Municipal e apreciadores de música. Uma das novidades do projeto é que ele não se dedicará apenas à música instrumental, mas também à música cantada.

 

 

Música de Domingo – “Viola Brasileira”: Joaci Ornelas

Classificação: Livre

Local: Teatro Francisco Nunes – Av. Afonso Pena, 1.277 – Parque Municipal - Centro

Domingo, 10 de novembro, às 11h

 

ENTRADA GRATUITA

 

Informações para o público: (31) 3277-6325


Últimas Notícias

Informativo sobre o Cornavírus em Belo Horizonte PBH publica homologação de resultado e pagamento a empreendedores culturais

Empreendedores culturais, de todas as regionais da cidade, receberão os recursos referentes aos projetos aprovados nesta edição.
 

01/06/2020 | 17:05
Grupo Galpão em "Eramos em bando" Grupo Galpão e Cine Cipó são algumas atrações do Circuito em Casa de junho

Entre os destaques da programação de junho ao longo desta semana está o Grupo Galpão, de 4 a 7 de junho.

01/06/2020 | 16:05