Pular para o conteúdo principal

Foto do quarteto de músicos que forma o Nem Secos
Foto: Fernando Prates

Teatro Francisco Nunes recebe show de comemoração dos 15 anos do grupo Nem Secos

16/10/2018 | 18:03 | atualizado em 17/10/2018 | 10:55

O palco do Teatro Francisco Nunes recebe, no dia 19/10, sexta-feira, às 21h, o grupo “Nem Secos”. O conjunto, que completa 15 anos de estrada em 2018, comemora o aniversário com o lançamento do CD “Anti-Heróis Dançando a Vida”. Os ingressos podem ser adquiridos por R$20,00 (inteira); R$10,00 (meia) na bilheteria do teatro, nos postos de venda do Sinparc ou pelo site Sympla.
 

O espetáculo, que tem a participação de integrantes atuais e de formações anteriores, faz uma síntese da trajetória da banda. Além das canções do novo CD, traz momentos dos shows de tributo aos “Secos e Molhados”, à “Tropicália” e marchinhas do Nem Secos finalistas do carnaval de BH.
 

O novo CD revela toda a pluralidade da banda. “Na melhor veia antropofágica, todos os sons, inovações estéticas e revoluções culturais revividos nos espetáculos de memória da MPB transmutaram-se em união com nosso discurso libertário de afirmação das identidades para gerar um som com a cara do Nem Secos, pulsante e questionador”, relata Carlos Linhares, integrante do grupo desde 2004.
 

Prensado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o CD, produzido por Augusto Nogueira e com arte da capa por JB Lazzarini, registra dois momentos da banda: Anti-Heróis traz a produção mais atual, em que o groove do soul e do rock com toques de latinidade, dá o tom para letras irreverentes de crítica social. Já Dançando a Vida, com as canções do show de mesmo nome, faz um passeio pelos ritmos brasileiros. O CD traz ainda a faixa-bônus a favor da livre expressão de gênero, “Nem Rosa, Nem Azul”, produzida por Luã Linhares, com a participação de 28 artistas da cena musical mineira.