Pular para o conteúdo principal

Teatro Francisco Nunes recebe Mostra Aquilombô–Fórum Permanente de Artes Negra
Foto: Mariana Botelho e Bruno Bento

Teatro Francisco Nunes recebe Mostra Aquilombô

07/05/2019 | 17:07 | atualizado em 24/05/2019 | 15:24

A Fundação Municipal de Cultura apresenta, de 8 a 19 de maio, no Teatro Francisco Nunes, a Mostra Aquilombô – Fórum Permanente de Artes Negras. O evento tem como objetivo discutir a arte negra em todas as suas expressões, promover reflexões sobre suas estéticas e narrativas, reunindo artistas das mais variadas linguagens. A programação é diversificada e traz performances, espetáculos de teatro, de circo, de dança, shows, lançamento de livros, intervenções poéticas e exposição. Estão incluídas atividades com entrada gratuita e com ingressos a preços populares, R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), por meio do site do Sympla

 

O projeto especial Aquilombô propõe pensar as construções acerca do imaginário e sobre o negro, o lugar, a fala, o racismo estrutural e os estereótipos, além de ser um espaço de conexão e diálogo público para pensar as várias linguagens artísticas da cultura afro-brasileira. “A programação é parte fundamental da política para as artes promovida pela Fundação Municipal de Cultura, que também realiza o maior Festival de Arte Negra do Brasil. É muito importante promover as reflexões sobre a cultura negra, construída a partir das heranças de diferentes povos africanos, que constitui a identidade cultural brasileira e se manifesta nas artes e nas organizações sociais”, destaca Aline Vila Real, diretora de Promoção das Artes da Fundação Municipal de Cultura.

 

De acordo com o coordenador artístico da Mostra Aquilombô, Rodrigo Jerônimo, essa é mais uma edição do projeto, que reúne artistas para construir, junto com a Fundação Municipal de Cultura, um evento que integra apresentações artísticas, debates e estabelecimento de espaços de convivência acerca da Cultura Negra. “Não é apenas uma mostra artística, é um espaço de troca permanente que traz trabalhos nos mais diferentes pontos de desenvolvimento”, afirma Rodrigo.

 

 

Abertura

A abertura do evento será realizada nesta quarta-feira, dia 8, às 19 horas, no Teatro Francisco Nunes, com a inauguração da exposição ‘ u n i v e r s o’, da artista Luci Universo, uma mostra autobiográfica que narra a experiência da artista como um corpo trans nas artes e nos meios sociais em que está inserida. Também na quarta-feira será apresentado o espetáculo teatral “Filofobia”. Com texto de Marcos Fábio de Faria, a peça é fruto de uma residência artística entre o Grupo dos Dez de Belo Horizonte e o Grupo In - Cena de Teatro de Teófilo Otoni/MG. A ação faz parte da política de interiorização do fórum e tem como objetivo descentralizar e deslocar o olhar da capital para a arte preta produzida no Vale do Mucuri, Vale do Jequitinhonha, Zona da Mata e região metropolitana, regiões localizadas fora dos circuitos hegemônicos da capital.

 

 

Lançamentos

O evento integra uma importante parceria do Fórum com o Coletivo IMuNe (Instante da Música Negra), grupo voltado para a divulgação da música produzida por artistas negros. Dessa união de forças vem um dos destaques da programação, dentro da perspectiva de apresentar obras inéditas ao público, que é o lançamento do álbum “Maré de Sorte”, do multiartista Alysson Salvador, no dia 17 de maio, o primeiro álbum solo da sua carreira.

 

O Palco IMuNe ainda traz Maíra Baldaia, Guilherme Ventura, Bia Nogueira, Pereira da Viola, Carol Andrade, Projeto Sumaúma, Andréia Roseno e a drag Queen Azzula, que se apresentam ao longo das duas semanas de evento. A mostra terá ainda Sarau com a Academia Transliterária, performances com Juhlia Santos, Giovanna Heliodora, Jeiza Fernandes e William Araújo, espetáculos teatrais recém estreados como “Glauco”, “Mata Rasteira” e “Híbrido”. O aclamado “Madame Satã”, em cartaz há quatro anos também fazem parte da programação.

 

 

Série Editorial do Aquilombô

No dia 16 de maio, o Aquilombô lança ao público sua série editorial, coordenada por Marcos Fábio de Faria, que tem como principal objetivo fomentar a literatura preta nas mais diferentes linguagens. A primeira autora publicada pela série será Cristiane Sobral (Distrito Federal) com o livro “Uma Boneca No Lixo”. Outras duas escritoras integram a programação com obras ainda inéditas em Belo Horizonte: Rosane Borges (São Paulo) lança o livro "Olhares Negros – Raça e representação" de Bell Hooks e Cidinha da Silva, mineira radicada em São Paulo, dará ao público um panorama de sua obra e lançará seus três mais recentes livros: “Exuzilhar”, “Pra começar”, e “Kuami”. As escritoras serão publicadas pela Série Aquilombô ainda em 2019.

 

 

PROGRAMAÇÃO | Mostra Aquilombô – Fórum Permanente de Artes Negras

Dia 8 de maio, quarta

19h | Abertura Exposição “u n i v e r s o”. Artista: Luci Universo - Visitações de 8 a 19 de maio.

20h | Estreia “Filofobia”. Direção: Rodrigo Jerônimo e André Luís Dias

21h | Debate após a apresentação. Tema: “Residência Afro Apocalíptica”

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link.

 

Dia 9 de maio, quinta

20h | Estreia “Filofobia”. Direção: Rodrigo Jerônimo e André Luís Dias

21h | Debate após a apresentação. Tema: “Residência Afro Apocalíptica”

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

 

Dia 10 de maio, sexta

19h30 | Trilogia de experimentos cênicos - Perfomance: Se os homens são feitos do barro, somos feitas da lama. Coletiva de arte PretasT

20h | Noite IMuNe - Instante da Música Negra. Maíra Baldaia e Guilherme Ventura Duo, Bia Nogueira e banda A Carta (Show Diversa)

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

 

Dia 11 de maio, sábado

16h | Espetáculo Teatral “Mata Rasteira”. Grupo Caras Pintadas

17h | Debate - A Arte Preta e o Tempo Presente: As lutas sociais e populares na estética e no discurso. Com Rosane Borges, Rodrigo Jerônimo e Lucas Costa

19h30 | Trilogia de experimentos cênicos - Dor vestida. Coletiva de arte PretasT

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

20h | Espetáculo Teatral “Híbrido”.Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

21h | Palco IMuNe. Local: Jardins internos do teatro (Show: Projeto Sumaúma)

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

 

Dia 12 de maio, domingo

11h | MIMO BAMBU em “O Catador de Risos” (em frente ao Teatro)

18h | Lançamento do Livro "Olhares Negros – Raça e representação" de bell hooks com Rosane Borges

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

19h30 | Performance: Quebra

20h | Apresentação “Glauco”. Direção: Allan Calisto

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

 

Dia 14 de maio, terça-feira

20h | Espetáculo Madame Satã. Grupo Dos Dez

Intervenção “O tempo da unção para restituição (evangelho pra quem?)”, com Ventura Profana.

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link.

 

Dia 15 de maio, quarta-feira

20h | Show de Abertura: “É tempo de Aquilombar” com Andréia Roseno. Intervenção Poética Guê Oliveira. Show: Pereira da Viola

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

 

Dia 16 de maio, quinta-feira

19h | Ciclo de Performance Aquilombô. "Eu", com Jeiza Fernandes. "Um corpo Dentro", com William Araújo

20h30h | Esperando Zumbi com Cristiane Sobral

21h30h | Lançamento da Série Aquilombô com a apresentação do livro “Uma Boneca no Lixo” de Cristiane Sobral públicado no âmbito do Fórum Permanente das Artes Negras

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

 

Dia 17 de maio, sexta-feira

20h | Noite Imune. Lançamento do Disco de Alysson Salvador

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

 

Dia 18 de maio, sábado

16hs | “Ayabás e suas histórias” com Chica Reis, Madu Costa e Magna Oliveira

18hs | Jardins Literário: A obra de Cidinha da Silva

20h | “Encruzilhada de Mulheres” com Chica Reis

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link

 

Dia 19 de maio, domingo

11h | MIMO BAMBU em "O Catador de Risos" (em frente ao teatro)

16h | Jardim Literário. Academia Trans Literária: Atraque Literário.

Entrada gratuita mediante retirada de senhas

19h | Noite Imune - Shows de Encerramento: Carol Andrade e Azzula

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) | Vendas neste link.