Pular para o conteúdo principal

Funcionário da SLU coloca resíduos plásticos em caminhão de coleta seletiva, durante o dia.
Foto: Breno Pataro/PBH

Servidores recebem capacitação para coleta seletiva nas escolas

03/07/2018 | 19:19 | atualizado em 05/11/2018 | 14:53

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), em parceria com o Programa EcoEscola BH da Secretaria Municipal de Educação (Smed), realiza na quarta-feira, dia 4 de julho, formação de profissionais para atuar no processo de implantação e funcionamento da coleta seletiva escolar. A capacitação ocorre no salão ao lado do Orquidário, dentro do Parque Municipal Américo Renné Giannetti (avenida Afonso Pena, 1.377, Centro). Serão duas turmas: das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

 

Os professores e monitores irão atuar em mais 20 escolas que integrarão o projeto, a partir do mês de agosto deste ano. Para isso, eles aprenderão sobre o correto acondicionamento dos resíduos recicláveis (papel, metal, plástico e vidro), bem como a maneira certa de separação e descarte desses materiais. Os resíduos serão destinados à Coopersoli Barreiro, uma das cooperativas parceiras da Prefeitura.

 

Chefe do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização da SLU, Ana Paula da Costa Assunção explica que o encontro também servirá para que os colaboradores saibam como mobilizar e educar a comunidade escolar para o sucesso da iniciativa. “Tão importante quanto expor esses materiais para a coleta nos dias e horários determinados é despertar o comprometimento de todos, desde a separação daquele resíduo que iria para o lixo até o completo envolvimento para a continuidade do trabalho”, destaca.

 

Em agosto de 2017, 16 escolas do Barreiro deram início ao projeto. Por mês, são três toneladas de resíduos recicláveis. Com a ampliação, esse número deve dobrar. Segundo Alex Magno Pereira de Vasconcellos, técnico de Mobilização Social da SLU, a qualidade do material recolhido nas escolas é excelente, praticamente sem rejeitos. “Esperamos, com esse planejamento, manter o nível de aproveitamento dos recicláveis, além de promover, a cada dia mais, a sensibilização de funcionários e estudantes para que possamos multiplicar os bons resultados da coleta seletiva em um ambiente tão relevante, como o escolar”, enfatiza.

 

Durante o evento, serão entregues os Certificados de Reconhecimento às escolas que já desenvolvem o projeto no Barreiro. As instituições atendidas nesta nova fase estão localizadas nas regiões Oeste, Noroeste, Nordeste e Centro-Sul.