Pular para o conteúdo principal

Secretária municipal apresenta política de alimentação escolar em congresso
Foto: SMASAC Divulgação

Secretária municipal apresenta política de alimentação escolar em congresso

criado em 12/05/2022 - atualizado em 12/05/2022 | 14:46

A política municipal de alimentação escolar de Belo Horizonte, consolidada como uma referência nacional, foi apresentada na manhã desta quinta-feira, dia 12, no Congresso Mundial do ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade), que acontece em Malmö, na Suécia. A secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, representou Belo Horizonte na mesa “Transição dos sistemas alimentares urbanos com a alimentação escolar”.

A secretária apresentou as estratégias municipais para garantir a oferta de refeições de qualidade e de promoção da alimentação saudável para toda a comunidade escolar, o que impulsiona a melhoria da segurança nutricional de toda a população. Além disso, foram destaques os números da alimentação escolar no município, que em 2019 ultrapassaram 80 milhões de refeições servidas aos estudantes da Rede Municipal de Educação, alcançando mais de 210 mil estudantes. A estratégia desenvolvida pelo município para compra institucional de itens produzidos por agricultores e agricultoras familiares também foi evidenciada na apresentação.

O momento foi, ainda, uma importante troca de experiências entre os participantes, identificando potencialidades de cada região que possibilitam a criação de ações mais urgentes para apoiar os governos locais em seus esforços para implementar a transição da nutrição escolar. As discussões passaram também pelo protagonismo da alimentação escolar, o enfrentamento dos fenômenos recentes, como a pandemia de Covid-19 e os impactos alimentares causados, em especial na alimentação escolar, além das estratégias para as compras públicas de alimentos de forma a responder às necessidades nutricionais dos estudantes, que muitas vezes têm na escola o principal espaço para sua alimentação.

A gestora municipal destacou a importância de compartilhar a experiência de Belo Horizonte com líderes de diferentes lugares do mundo e aprender com as políticas desenvolvidas por outros governos. “É uma oportunidade única para construir agendas locais de inovação e sustentabilidade. Agradecemos pela oportunidade de compartilhar e aprender com outros governos e suas experiências inspiradoras. Não estou aqui sozinha, trago com orgulho a história da nossa cidade e de nosso compromisso coletivo de investir fortemente na política de segurança alimentar e nutricional”, ressaltou.

Além da secretária Maíra Colares, compuseram a mesa de debates: Tina Bowley, Oficial de Nutrição em Saúde Pública de Malmö (Suécia); Imanol Zabaleta Altuna, Diretor do Centro de Estudos Ambientais da Câmara Municipal de Vitoria-Gasteiz (Espanha); Jiwon Lee, chefe interino de projetos globais e apoio principal para o Programa Alimentar Global do ICLEI; e Peter Defranceschi, Chefe do Escritório do ICLEI em Bruxelas (Bélgica) e Coordenador do Programa Global de Alimentos do Secretariado Europeu do ICLEI.