Pular para o conteúdo principal

Mais de onze pessoas assistem a palestra com onse pessoas no palco e telões, em uma sala.
Foto: Divulgação PBH

Secretaria de Planejamento participa de Seminário Cidades Inteligentes

13/11/2019 | 17:30 | atualizado em 14/11/2019 | 10:56

A Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão apresentou, no dia 31 de outubro, durante o “Seminário Cidades Inteligentes e Garantias Sociais-Limites e Possibilidades”, sua experiência no monitoramento dos indicadores da agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).  

 

Promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais, com o apoio do ONU-Habitat, o evento contou com a presença de pesquisadores, acadêmicos, técnicos de diversas áreas de formação, agentes sociais, empresários, funcionários públicos, representantes do Poder Legislativo, e outros interessados. O objetivo foi discutir os principais desafios para o desenvolvimento urbano sustentável e os caminhos e recursos que possam orientar as políticas públicas com vistas à melhoria da qualidade de vida nas cidades.

 

O gerente de Indicadores da Secretaria de Planejamento, Rodrigo Nunes, ministrou palestra relativa ao tema “O que são cidades inteligentes? Quais os limites e estratégias para cidades inclusivas?”. Além de destacar as boas práticas adotadas pelo Município no monitoramento dos indicadores dos ODS, Rodrigo também pontuou a importância da integração dessa agenda com as políticas públicas locais e como elas contribuem para tornar a cidade mais inclusiva e inteligente.

 

“A Prefeitura trabalha um conceito de cidade inteligente que busca não atender apenas projetos com uso de tecnologias. Essas são suportes para que se desenvolvam melhores serviços públicos e para que sejam entregues melhores resultados à população em termos do uso do recurso público municipal. Nesse sentido, a Agenda ODS colabora ao apontar uma série de prioridades às quais a política pública precisa responder. Com isso, buscamos induzir os outros setores públicos para que fiquem atentos aos desafios propostos por esta agenda global de desenvolvimento”, disse o gerente.

 

Além da apresentação do Gerente de Indicadores, duas outras iniciativas da Prefeitura também foram destaques no Seminário. A superintendente do Geoprocessamento Corporativo da Prodabel, Karla Albuquerque, apresentou os projetos que o Município realiza para aprimoramento das ferramentas de geoinformação, e como essas contribuem para a melhoria dos serviços públicos prestados ao cidadão. Já a diretora de Gestão da Política Urbana da Secretaria Municipal de Política Urbana, Gisella Lobato, apresentou uma síntese dos instrumentos urbanísticos presentes no Novo Plano Diretor do Município, e como eles se relacionam com os princípios do desenvolvimento sustentável.

 

 

ONU-Habitat

O ONU-Habitat realiza o Outubro Urbano, com intuito de promover globalmente os resultados positivos da urbanização ou enfrentar desafios específicos que dela resultam. A iniciativa conta sempre com temas selecionados para refletir sobre a diversidade das questões urbanas, além de ser uma plataforma para debate e divulgação da Nova Agenda Urbana e dos ODS.

 

Para dar visibilidade aos temas do Outubro Urbano, o escritório do ONU-Habitat no Brasil criou, em 2018, o Circuito Urbano – uma convocatória para eventos organizados por diversos atores. A segunda edição do Circuito Urbano, em 2019, tem como tema geral “Cidades Inovadoras e Inclusivas” e como pergunta inspiradora “Como a inovação pode aprimorar serviços e políticas urbanas de maneira inclusiva e sustentável?”.

 

 

Orçamento Temático ODS

Confira os dados da Execução Orçamentária da PBH, considerando o alinhamento das ações com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).


Últimas Notícias

Casal segura papel digitado à mão. Contrato de aluguel social já é uma realidade em Belo Horizonte

A primeira família assinou o contrato de aluguel no dia 14/11, na Urbel. A atual etapa do projeto contempla 202 idosos.

06/12/2019 | 11:41
Técnica do posto de saúde oferece vidro a mãe com bebê Regional Noroeste inaugura Unidade Coletora de Leite Materno e incentiva doação

O Centro de Saúde Bom Jesus busca alertar a sociedade para a importância do aleitamento materno.

02/12/2019 | 12:45