Pular para o conteúdo principal

Quadrilha junina São Gererê, pentacampeã do Concurso de Quadrilhas do Arraial de Belo Horizonte.
Foto: Tamires Martins

São Gererê é pentacampeã do Concurso de Quadrilhas em BH

11/07/2017 | 17:24 | atualizado em 13/07/2017 | 11:33

“Entramos no tablado com o coração no chapéu de palha”. Essas aspas são de Jadison Nantes, presidente do Grêmio Recreativo Cultural São Gererê, que comemorou, pela quinta vez, o primeiro lugar do Grupo Especial do Concurso de Quadrilhas do Arraial de Belo Horizonte 2017, alcançando a pontuação máxima (100 pontos). A quadrilha, que foi a última se apresentar no domingo, na Praça da Estação, prestou homenagem aos 35 anos do Grupo Galpão, um dos mais importantes do país, recriando a montagem histórica de ‘Romeu e Julieta’.
 

A apuração dos votos dos jurados aconteceu na tarde de terça, dia 11 de julho, no Coreto do Parque Municipal Américo Renê Gianetti, no centro da cidade. As quadrilhas Fogo de Palha e Fulô de Laranjeira conquistaram 99,9 pontos. O critério de desempate foi a pontuação do Conjunto, ou seja, a forma geral e integrada de apresentação como Grupo de Quadrilha Junina. Com isso, Fogo de Palha se sagrou a vice-campeã e o terceiro lugar ficou com a Fulô de Laranjeira. Para finalizar a premiação, o Grêmio Cultural São Mateus ficou com o quarto lugar.
 

Classificação - Grupo de Acesso


1º           GRÊMIO RECREATIVO E CULTURAL ARRAIAL DO KOSSACO

2º           FORRÓ ALEGRE DOS CATA LATAS

3º           GRÊMIO SOCIAL E CULTURAL QUADRILHA PIPOCA DOCE

4º           QUADRILHA CANGAÇO MINEIRO

5º           GRUPO FOLCLÓRICO ARRAIAL DO MILHO VERDE

6º           NÚCLEO CULTURAL DE QUADRILHA TREM D' MINAS

7º           CENTRO CULTURAL ARRAIÁ DO ME LARGA CUMADE

8º           PAIXÃO JUNINA MINEIRA

9º           GRUPO CULTURAL LUAR DO SERTÃO

10º         GRUPO FOLCLÓRICO E CULTURAL ARRAIÁ DO BREJO GRANDE

11º         NÚCLEO CULTURAL ARRAIAL DO JILÓ COM MEL

12º         GRÊMIO RECREATIVO ARRAIÁ DE SÃO DOMINGOS

13º         GRUPO CULTURAL ARRAIÁ BREGA E CHIC

14º         JUNINA PEGA FRANGO

15º         GRUPO DE QUADRILHA PINDURA SAIA

16º         QUADRIHA CORAÇÃO JUNINO

17º         QUADRILHA PÉ VERMELHO

18º         GRÊMIO RECREATIVO CULTURAL MINEIRO FOGO NA PERNA

19º         GRUPO CULTURAL ARRAIAL DO FORMIGUEIRO QUENTE

20º         GRUPO CULTURAL DE QUADRILHA CASA DO CHAPÉU

21º         QUADRILHA SARAPIÃO

22º         QUADRILHA PEGA FOGO

23º         GRUPO CULTURAL E SOCIAL ARRAIÁ ÁGUIA CAIPIRA

 

Classificação - Grupo Especial


1º           GRÊMIO RECREATIVO CULTURAL SÃO GERERÊ

2º           ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE QUADRILHA FOGO DE PALHA

3º           QUADRILHA JUNINA FULÔ DE LARANJEIRA

4º           GRÊMIO CULTURAL E SOCIALARRAIÁ DO SÃO MATEUS

5º           GRÊMIO RECREATIVOCULTURAL ARRAIAL DO PÉ DE SERRA

6º           ASSOCIAÇÃO SOCIOCULTURAL E ARTE QUADRILHA FORRÓ DE MINAS

7º           NÚCLEO MINEIRO DE CULTURA FEIJÃO QUEIMADO

8º           GRUPO FOLCLÓRICO E CULTURAL SANGÊ DE MINAS

9º           GRUPO RECREATIVO CULTURAL ARRAIAL SOL NASCENTE

10º         CIA MINEIRA DE DANÇA FOLCLÓRICA ARRAIAL DO SEM NOME

11º         GRÊMIO RECREATIVO ARRIBA SAIA

12º         GRUPO FOLCLÓRICO PÉ RACHADO

13º         GRÊMIO CULTURAL E RECREATIVO JUNINA BALANCÊ MINEIRO

 

Os quesitos julgados foram: a) Conjunto, ou seja, o "todo" da apresentação, a forma geral e integrada de apresentação como Grupo de Quadrilha Junina, o alinhamento, a espontaneidade, criatividade, empolgação, vibração, agilidade e vigor dos participantes; b) Coreografia, que compreende a execução dos passos, passos tradicionais juninos, ocupação uniforme do espaço e ritmo da música e da dança; c) Caracterização adequada à festa junina mineira e de acordo com o estilo e a criação do grupo de quadrilha. Foi levada em consideração a originalidade e a criatividade dos materiais utilizados na confecção do figurino, valorizando a harmonia das cores e o conjunto. d) Marcador, sua desenvoltura durante a apresentação, entrosamento com o grupo e com o público, firmeza e convicção na marcação dos passos, criatividade; e) Casal de Noivos: animação, simpatia, harmonia do casal, entrosamento do casal entre si, com a quadrilha e com o público.
 

Grupos rebaixados:
 

Os quatro últimos colocados do grupo Especial são rebaixados e poderão disputar o concurso de quadrilhas em 2018 somente pelo Grupo de Acesso. São eles: Quadrilha Arraial do Sem Nome, Grêmio Recreativo Arriba Saia, Grupo Folclórico Pé Rachado e Quadrilha Balancê Mineiro.
 

Arraial de Belo Horizonte 2017
 

A 39ª edição do Arraial de Belo Horizonte já está marcada na história. Isso porque ele cresceu, se espalhou por toda a cidade, ganhou mais visibilidade e comunicação. Desde o dia 9 de junho, a cidade entrou de vez no clima dos festejos juninos, curtindo os 242 eventos cadastrados pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, que se estenderão até o dia 9 de julho. Além de toda a programação associada, belo-horizontinos e turistas têm pela frente o tradicional Concurso de Quadrilhas que está sendo realizado na Praça da Estação desde o fim de semana de 30/6 a 2/7 (Grupo de Acesso) e o próximo, nos dias 8 e 9/7 (Grupo Especial). A programação completa se encontra no site do Arraial de Belo Horizonte

 

Um detalhe que merece destaque é a descentralização do Arraial de Belo Horizonte. Diferente do que ainda acontece com o Carnaval, maior evento turístico da capital mineira, que tem, em sua maioria, programação concentrada nas regionais Leste e Centro-Sul, as festas juninas estão espalhadas por todos os cantos da cidade.
 

O gráfico abaixo mostra o a porcentagem de eventos por regionais:

 

 

Arraial de Belo Horizonte 2017: Relação de festas por regionais



Arraial coloca Belo Horizonte entre os cinco melhores destinos da época
 

O Arraial de Belo Horizonte ganhou ainda mais importância após ter sido contemplado, com projeto da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, no Edital de Festejos Juninos lançado pelo Ministério do Turismo (MTur) e pela Embratur. Com isso, a capital mineira está hoje entre os cinco maiores destinos turísticos do período, ao lado das cidades de Bragança (PA), Campina Grande (PB), Corumbá (MS) e São Luís (MA).
 

Na prática, com essa conquista, o destino Belo Horizonte ganha em ações de promoção, divulgação e apoio à comercialização por meio do edital, realização de um press trip durante o evento (visita de jornalistas de todo o Brasil), divulgação nas redes sociais do Ministério do Turismo e da Embratur, com transmissão ao vivo nas mídias sociais, matérias jornalísticas, inserção no calendário de eventos juninos do MTur, encontro de negócios com a cadeia produtiva e divulgação em feiras e exposições de Turismo. É o Arraial de Belo Horizonte se tornando de vez um produto turístico, promovendo e projetando a cidade para todo o mundo, assim como o Carnaval.
 

Aplicativo do Arraial de Belo Horizonte disponível para download


Pela primeira vez desde a sua fundação, o Arraial de Belo Horizonte possui um aplicativo com todos os detalhes do maior festejo junino da história da capital. A programação completa pode ser acessada pelo aplicativo ‘Arraial de Belo Horizonte’, já disponível gratuitamente para Android, na Play Store, e para IOS, na Apple Store.
 

Desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com a Belotur e a Prodabel, o app informa data, horário e localização (georreferenciada) dos eventos. A aposta é que ele alcance o mesmo sucesso do serviço utilizado no Carnaval, quando mais de 80 mil pessoas fizeram o download.

 

Limpeza urbana
 

Além de orientar as pessoas sobre os eventos do Arraial de Belo Horizonte, o aplicativo possui outro papel importante: é referência para que a cidade permaneça limpa. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) usa a base de dados disponível para traçar rotas e definir locais que vão receber o trabalho de limpeza e coleta. Assim, como foi no Carnaval, o trabalho pode ser executado com mais eficiência e menos desconforto para a população.  

 

Além disso, o sistema permite monitorar todos os eventos, incluindo o público estimado e as áreas de impacto ao redor. De acordo com a diretora Operacional da SLU, Andréa Fróes, o aplicativo é muito preciso e fornece dados relevantes que apoiam a execução dos serviços, desde o planejamento até a prestação de contas.