Pular para o conteúdo principal

Folhas no pé de feijão orgânico.
Foto: Suziane Fonseca/PBH

Programação especial marca a Semana do Alimento Orgânico na Fundação Zoobotânica

13/09/2019 | 19:14 | atualizado em 16/09/2019 | 09:45

Entre os dias 17 e 22 de setembro, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica vai comemorar a Semana do Alimento Orgânico 2019. Em sua 9ª edição, o tradicional evento, que tem o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Comissão de Produção Orgânica de Minas Gerais, terá na programação palestras, exposições, oficinas e visitas técnicas.

 

Entre os temas abordados na Semana do Alimento Orgânico estão as causas e consequências da crescente mortandade de abelhas e os reflexos no cotidiano das pessoas, especialmente no que diz respeito à alimentação. Nesse contexto, a Agroecologia e a Produção Orgânica serão apresentadas como alternativas para reverter este quadro ao valorizarem uma forma de cultivar que respeita o meio ambiente, os saberes locais e os trabalhadores da terra.

 

As palestras serão restritas a público convidado (servidores da FPMZB, parceiros, professores, estudantes universitários, etc.). Para os servidores também está sendo programada uma visita técnica a uma propriedade de produção orgânica e de sistemas agroflorestais visando apresentar o trabalho do agricultor e promovendo a valorização do produto orgânico e agroecológico.

 

O público visitante e as escolas agendadas poderão visitar duas exposições: uma na Zooboteca, que abordará os insetos polinizadores, especialmente as abelhas, e as principais culturas alimentares para as quais são fundamentais. A exposição traz fotos de abelhas (nativas e exóticas, da fotógrafa Reisla Oliveira), ninhos e colmeias e a demonstração de produtos usados no  cotidiano que dependem direta ou indiretamente das abelhas. 

 

Haverá também um bate-papo sobre abelhas no Jardim de Plantas Medicinais, em que o visitante poderá conhecer plantas que atraem esses insetos, observá-las visitando as flores e conhecer um pouco mais sobre as abelhas nativas e sem ferrão.

 

A outra exposição será de um modelo de Horta Urbana Agroflorestal em que o cultivo de hortaliças, plantas medicinais e alimentícias não convencionais são associados a frutíferas, ornamentais e arbóreas. Os educadores falarão como é implantado um Sistema Agroflorestal (SAF), suas etapas e as vantagens desta forma de cultivo em relação ao cultivo “convencional”.

 

Por recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, o acesso aos Parques da Serra do Curral, Aggeo Pio Sobrinho e das Mangabeiras, além do Mirante do Mangabeiras e dos espaços da Zoobotânica (Jardins Zoológico e Botânico e Aquário do Rio São Francisco) requer a apresentação de comprovante de imunização contra a febre amarela, com vacina aplicada no mínimo 10 dias antes da visita, e documento de identificação válido com foto. Bebês com menos de nove meses não podem ser vacinados e, portanto, não devem ter acesso a esses locais.

 

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

  • 17/9

Oficina de Plantar (para grupos agendados)

Local: ao lado da Casa de Educação Ambiental, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Exposição “Importância das abelhas na polinização”

Local: Zooboteca, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Exibição de vídeos temáticos sobre abelhas, polinização e produção de alimentos

Local: Borboletário e Aquário, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

  • 18/9

Exibição de vídeos temáticos sobre abelhas, polinização e produção de alimentos

Local: Borboletário e Aquário, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Abertura da Semana do Alimento Orgânico

Palestra: Agroecologia, conservação ambiental e segurança alimentar: interlocuções, práticas e perspectivas”

Palestrante João Portella

Eng. florestal especialista em agroecologia e educação popular. Assessor de Gabinete da Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional de BH

Local: Auditório da Casa de Educação Ambiental, das 9h30 às 10h30.

 

Exposição: “Importância das abelhas na polinização”

Local: Zooboteca, das 11h às 12h e das 16h às 17h

 

Palestra “Abelhas e polinização: sem abelhas, sem alimento”

Palestrante: Juliana Ordones Rego

Doutora em ecologia, conservação e manejo de vida silvestre, bióloga do Jardim Botânico da FPMZB.

Local: Auditório da Casa de Educação Ambiental, das 14h30 às 15h30

 

  • 19/9

Visita guiada à horta urbana agroflorestal

Local: Jardim Botânico

 - 9h às 11h | para grupos agendados

 - 14h às 16h | funcionários e público livre

 

Exposição de fotos sobre o trabalho realizado nos Centros de Vivência Agroecológica de BH

Local: Auditório da Casa de Educação Ambiental, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Exibição de vídeos temáticos sobre abelhas, polinização e produção de alimentos

Local: Borboletário e Aquário, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Palestra “A experiência dos Centros de Vivência Agroecológica de Belo Horizonte”

Palestrante Iara Lopes

Representante do CEVAE Taquaril

Local: Auditório da Casa de Educação Ambiental, das 14h às 15h

 

  • 20/9

Bate-papo sobre abelhas (para grupos agendados)

Local: Jardim Botânico, das 9h às 11h

 

Exibição de vídeos temáticos sobre abelhas, polinização e produção de alimentos

Local: Borboletário e Aquário, das 9h às 11h e das 14h às 16h

 

Visita guiada à horta urbana agroflorestal

Local: Jardim Botânico, das 14h às 16h

 

  • 21/9

Visita guiada à horta urbana agroflorestal

Bate-papo sobre abelhas

Local: Jardim Botânico, das 10h às 13h

 

Exibição de vídeos temáticos sobre abelhas, polinização e produção de alimentos

Local: Borboletário, das 10h às 12h e das 14h às 16h

 

  • 22/9

Exposição “Importância das abelhas na polinização”

Local: Zooboteca, das 10h às 12h e das 13h30 às 15h30