Pular para o conteúdo principal

Dois cigarros consumidos apagados à frente de fundo marrom e bege.
Arte: PBH

Programa Movimenta PBH conclui ação para cessação do tabagismo entre servidores

14/08/2019 | 20:23 | atualizado em 14/08/2019 | 20:23

A Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio do programa Movimenta PBH, realizou, de fevereiro até o início de agosto, uma ação entre os servidores municipais interessados em parar de fumar. De acordo com a gerente de Gestão do Desenvolvimento da secretaria e integrante do Movimenta PBH, Lígia Rache, o programa teve como objetivo incentivar a mudança de hábitos dos participantes. “Procuramos conscientizar os servidores sobre o hábito de fumar, a fim de que eles diminuíssem ou cessassem o vício. Os encontros em grupo aconteceram às quintas-feiras, das 14h às 15h, e foram abertos a todos os servidores da Prefeitura de Belo Horizonte interessados na proposta”, explicou a gerente.

 

O grupo foi conduzido pela psicóloga Paola Braga, profissional indicada pela Unimed BH, parceira do Movimenta PBH nessa iniciativa. Semanalmente, ela levou um convidado para falar sobre um tema. “Tratamos sobre os malefícios do cigarro para o corpo, trabalhamos técnicas de relaxamento, conversas sobre ansiedade e angústia, sobre a função do cigarro na vida de cada um e fizemos diversas atividades para trabalhar o autoconhecimento, visto que o cigarro costuma ser uma válvula de escape para os participantes”, contou a psicóloga.

 

Inicialmente, segundo Paola Braga, o foco era a saúde física dos participantes. “Depois mudamos a temática, que passou a estar voltada somente para o tabagismo. O cigarro não nasceu com o sujeito. É um hábito adquirido e tentamos identificar o porquê desta busca, o motivo pelo qual se mantém o hábito. Tivemos várias histórias pessoais de servidores. Uns até conseguiram largar o cigarro e outros diminuíram bastante o consumo. É uma ideia de autoconhecimento, que visa questionar o vício”, disse.  

 

 

Novos hábitos 

Foi o caso da servidora Mônica Perez, que trabalha na Fundação de Parques. “Foi extremamente gratificante. Mudei minha visão sobre este vício, sobre como largá-lo de uma maneira mais suave. Acordei outro dia e não tinha nenhum cigarro. Antes, eu saía até de camisola na rua para comprar. Pensei, tudo bem, eu consigo. E fiz minhas coisas normalmente, de uma forma bem mais tranquila. Fumo há mais de 30 anos. Consegui parar umas três vezes, mas sofria com a abstinência. Se eu parar novamente, não vai ter volta”, relatou a servidora.

 

“O cigarro passa pela dependência química ou por situações comportamentais, porque a pessoa associa situações a hábitos. Falamos sobre a possibilidade de se criar novos costumes que substituam o cigarro. Teve gente que também começou a participar do projeto Corredores da Cidade, também promovido pelo Movimenta PBH, com o objetivo de fortalecer a intenção de modificar seus hábitos e ter uma vida mais saudável. Trouxemos vários palestrantes para conversar com o Grupo, como nutricionistas, profissionais da área da saúde, coaching, mindfulness, fisioterapeutas e outros psicólogos”, assinalou a psicóloga.  

 

De acordo com a coordenação do Movimenta PBH, está previsto um programa mais abrangente para prevenção e promoção da saúde do servidor, que irá focar outras mudanças de hábitos e vícios.


Últimas Notícias

Rapaz conversa com mulher, ambos sentados, com um computador ao meio, em imagem desfocada. À frente, com foco, carteira de trabaho. Sine Belo Horizonte oferece 58 vagas para segunda-feira, dia 16/9

São 48 vagas para pessoas com experiência, 3 exclusivas para pessoas com deficiência com experiência e 7 para pessoas sem experiência.

13/09/2019 | 19:39
Cinco pessoas sentadas, próximas a aparelhos de  ginástica, à direita, uma quadra poliesportiva com grade, à esquerda, grama e flores à frente e árvores atrás, durante o dia. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Nos dias 14 e 15/9, vários eventos gratuitos, incluindo brincadeiras, jogos e artes marciais, acontecem na cidade. 

12/09/2019 | 20:02