Pular para o conteúdo principal

Lugar com vegetação verde, ao fundo, cidade de Belo Horizonte.
Foto: Divulgação PBH

Programa de revegetação avança na Serra do Engenho Nogueira

28/12/2017 | 15:46 | atualizado em 12/01/2018 | 09:22
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente vai plantar cerca de 1200 mudas até fevereiro de 2018, na Serra do Engenho Nogueira e no Parque Fernando Sabino. Para isto, a Prefeitura está limpando a área, instalando cercas, construindo muros e adubando a área. O morador do bairro Jardim Alvorada, Everton Alves Rodrigues, está animado. “A região está deixando de ser um foco de escorpiões e despejo clandestino de entulhos. Estamos muito felizes em saber que a área verde será recuperada, protegida e preservada”, disse.
 
Os trabalhos fazem parte do Projeto Montes Verdes, um programa de indução à recuperação e revegetação de áreas degradadas em Belo Horizonte. O projeto, segundo colocado no Prêmio Inovar 2016, tem como objetivo identificar, catalogar, caracterizar e propor planos de revegetação de áreas degradadas da capital. Para isso, o foco inicial do projeto são as áreas públicas municipais, utilizando, para sua execução, recursos humanos existentes na própria Prefeitura, doações e recursos advindos das compensações do licenciamento ambiental.
 
Ao longo de 2017, cerca de 5 mil mudas de espécies nativas foram plantadas na Serra do Engenho Nogueira e mantidas por meio de planejamento de manutenção preventiva contra vandalismo, incêndios e ataques de pragas. “Como resultado dessas ações, obteve-se uma taxa de sobrevivência das mudas em torno de 70 %. Número considerado alto para projetos de recuperação de áreas degradadas. Além disso, estudos desenvolvidos no projeto permitiram a redução dos custos de manutenção, que corresponderam a cerca 5% do custo total e foram executados de forma planejada, no período mais seco do ano (maio a outubro)”, disse Wanderson Marinho, um dos idealizadores do projeto.
 
Em uma ação coordenada com a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, e em parceria com a Associação de Moradores Fazenda da Serra, cerca de 350 mudas foram replantadas. Outras 880 foram doadas pelo SESC-MG e plantadas em parceria com a Associação de Moradores no mês de novembro.
 

Ampliação do projeto para outras áreas da Capital

O projeto da Serra do Engenho Nogueira é um trabalho piloto que vem sendo acompanhado de perto e avaliado por estudo específico na SMMA. O objetivo é chegar a um modelo que permita induzir e revegetar áreas verdes ou de preservação permanente (APPs) entre outras, de modo eficaz, desburocratizado e a baixo custo para, num futuro próximo, replicá-lo a outras áreas da capital.
 
Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck, as ações do Projeto Montes Verdes têm aglutinado o interesse de servidores não só da SMMA, mas de colegas da Fundação de Parques e, também, de moradores, associações de moradores e empresas que têm assumido uma postura de abraçar e implementar a ideia. “Essa é uma parceria que tem se mostrado promissora entre o poder público, população e empresas, que está sendo desenvolvida e aprimorada, para, futuramente, atender outras áreas da cidade”, afirmou. 
 
 

28/12/2017. Projeto Montes Verdes. Fotos: Divulgação/PBH