Pular para o conteúdo principal

Instrutor do Programa Caminhar afere a pressão de um usuário do programa.
Foto: Vilma Tomaz/PBH

Programa Caminhar garante aos usuários apoio para a adoção de hábito saudáveis

28/12/2018 | 17:26 | atualizado em 28/12/2018 | 17:29

Oitenta e dois por cento das pessoas inscritas no programa Caminhar praticam 150 minutos de atividade física por semana. Porém, a maioria delas é considerada sedentária ou insuficientemente ativa por realizar os exercícios com intensidade leve, em vez de moderada, como recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Com base em dados como esses, obtidos por meio do acompanhamento dos caminhantes atendidos nas pistas, o programa garante aos usuários o apoio necessário na busca por uma vida mais saudável. 

Desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, o Caminhar está em nove pistas de caminhada da cidade. Pelo programa, o usuário tem acesso à avaliação física periódica com medições de peso, índice de massa corporal, pressão arterial, teste de flexibilidade e condicionamento cardiorrespiratório.

De acordo com o educador físico e integrante da coordenação do programa, João Rafael Caldeira, na ficha de cada usuário constam mais de 50 informações que são úteis para orientar os usuários sobre a prática de exercícios e as ações para melhorar o desempenho. “A análise de dados em conjunto é útil para a gestão do programa, uma vez que possibilita uma visão geral e revela padrões que auxiliam a equipe técnica a definir os melhores procedimentos para tornar o impacto das ações mais significativo em termos de benefícios para a saúde”, explica. 

Outro aspecto positivo da análise global das informações é a identificação da prevalência de certos padrões de risco entre os caminhantes de cada pista. “Se o risco apontado for a obesidade, por exemplo, iremos atuar na elaboração de campanha educativa específica sobre alimentação saudável para o público apontado na pesquisa”, explica. O educador destaca, ainda, que os dados serão utilizados como fonte de pesquisa acadêmica para a área de Educação Física. 

Perfil do caminhante

O banco de dados inclui prontuários de 14 mil usuários e ex-usuários do programa. A pesquisa aponta que os caminhantes têm idade média geral de 50,8 anos e que as mulheres representam 62% dos atendimentos.

Dentro de seis meses, a equipe de estagiários e profissionais de Educação Física do Caminhar que atua nas pistas irá trocar as pranchetas e as fichas cadastrais de papel usadas no atendimento por um sistema digital que utilizará um software de avaliação física.

“A tecnologia digital vai possibilitar maior agilidade nos processos de atendimento, encaminhamento imediato dos resultados individuais via e-mail e maior facilidade para pesquisar informações globais no banco de dados de avaliações físicas”, ressalta João Rafael.

Programa

O programa objetiva ampliar o número de praticantes de atividades físicas nas pistas e escolas públicas.  Mensalmente são atendidas mil pessoas nas pistas das regionais: 

- Barreiro: rua Eduardo Cândido dos Reis, esquina com avenida Senador Levindo Coelho
- Centro-Sul: Barragem Santa Lúcia
- Leste: avenida dos Andradas, esquina com avenida Mem de Sá
- Nordeste: avenida Bernardo Vasconcelos, esquina com rua Nossa Senhora da Paz
- Noroeste: Via Expressa, Praça das Jabuticabeiras; 
- Norte: avenida Risoleta Neves, Via 240
- Oeste: avenida Silva Lobo, Praça da Saudade
- Pampulha: avenida Otacílio Negrão de Lima, Mirante do Biguá
- Venda Nova: avenida Vilarinho, em frente à Escola Municipal Pedro Guerra

A equipe de estagiários e educadores físicos atende quinzenalmente, das 7h às 9h30, em cada uma das nove pistas, tanto os inscritos como os interessados em ingressar no programa. O calendário de locais e datas de atendimento do Caminhar podem ser conferidos aqui.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

OIto crianças jogal futsal, acompanhados por outra criança. Foto ilustrativa. Aulas de futsal marcam retomada do programa Esporte Esperança

O calendário 2019 das atividades do Esporte Esperança é retomado na terça-feira, dia 22/1.

21/01/2019 | 19:17
Imagem aérea do viaduto Participe da pesquisa sobre uso de baixio de viaduto na Lagoinha

Contamos com a sua participação para colher informações e melhorar cada vez mais as ações da Prefeitura.

17/01/2019 | 11:33