Pular para o conteúdo principal

Mulher sentada mede pressão com técnica de saúde.
Foto: Marcelo Machado/PBH

Programa Caminhar auxilia usuários a manter a forma física e cuidar da saúde

11/01/2019 | 17:53 | atualizado em 11/01/2019 | 17:53
Denise Martins, de 57 anos, tem uma meta para 2019. “Quero perder 15 quilos até o fim deste ano”, avisa a feirante que pretende subir na balança em dezembro e ver cravado o peso de 82 quilos. Para atingir o objetivo, Denise vai contar com o auxílio do Caminhar, um programa desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com o objetivo de estimular a população à prática de atividades físicas.


“Sou cadastrada desde o ano passado. Decidi pegar firme agora em 2019 porque preciso cuidar da saúde”, afirma Denise, que é hipertensa. Moradora do bairro Santa Amélia, a feirante frequenta diariamente a pista de caminhada da orla da Lagoa da Pampulha, onde a equipe do Caminhar, composta por profissionais e estagiários de Educação Física, atende a população duas vezes por mês.

 
O espaço fica na avenida Otacílio Negrão de Lima, no Mirante do Biguá, próximo à portaria do Pampulha Iate Clube. O programa é realizado em todas as regionais de Belo Horizonte. Os locais de atendimento e o cronograma completo de 2019 podem ser conferidos aqui


O cadastro dos usuários é realizado no ato da inscrição, que é feito nesses próprios locais, e o preenchimento permite ao usuário passar por todo o atendimento.


Os caminhantes cadastrados passam por testes de aptidão física (flexibilidade, capacidade aeróbica e composição corporal), cardiorrespiratório e aferição da pressão arterial. Em seguida, eles recebem orientações sobre a forma mais segura e adequada de praticar atividades físicas, de modo a potencializar os benefícios. 

“É um ótimo serviço. Estão sempre nos orientando como devemos proceder durante as caminhadas e atividades físicas”, observa Denise, que caminha cinco quilômetros por dia.


O lanterneiro Nilton Paulo de Moura, de 64 anos, é um dos novos adeptos do Caminhar. Com o hábito de correr de seis a oito quilômetros três vezes por semana na orla da Pampulha, ele se cadastrou no programa no início deste mês. “É importante para saber se a gente está apto a fazer atividades físicas”, diz ele, que teve a pressão aferida e passou pela medição da circunferência abdominal e pelo cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). “Agendei o teste de caminhada (cardiorrespiratório) para o próximo dia 23. Quero ter a certeza de que estou bem. Meu objetivo é chegar aos 80 anos correndo”, conta ele.


A equipe do Caminhar armazena todos os testes e medições dos cadastrados, a fim de manter o histórico e poder realizar um monitoramento preciso e individual dos usuários do programa.  


“É um programa excelente. Estamos sempre aqui usufruindo desse serviço que é importante para a nossa saúde”, comemora Leila Ferraz, que integra um grupo de caminhada composto por 35 pessoas na Pampulha.


O Caminhar atua também nas escolas municipais, onde são desenvolvidas atividades lúdicas com o objetivo de sensibilizar os alunos sobre a importância da atividade física para a manutenção da saúde.

 

 

11/01/2019. Caminhar Pampulha. Fotos: Marcelo Machado/PBH

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Homem segura bebê na saída de brinquedo infantil inflável, acompanhado por casal; casal  passeia à frente e mulher olha uma criança e um rapaz à frente de outro brinquedo inflável, durante o dia. BH é da Gente faz ação por alimentação saudável na Pedreira Prado Lopes

Neste domingo, dia 16/6, o BH é da Gente – Araribá vai promover ações de conscientização alimentar e da cidadania.

13/06/2019 | 22:06
Vista aérea do Parque das Mangabeiras, durante o dia. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana, nos dias 15 e 16/6. 

13/06/2019 | 18:54