Pular para o conteúdo principal

Obras da Bacia de Detenção do Córrego São Francisco/Assis das Chagas, localizado na avenida Assis das Chagas, Vila Indaiá.
Foto: Antônio Rodrigues/PBH

Prefeitura retoma as obras do Córrego São Francisco, na Pampulha

04/04/2018 | 17:08 | atualizado em 13/06/2018 | 16:30
O planejamento e a execução de ações para reduzir o risco de inundações na cidade são prioridade para a Prefeitura de Belo Horizonte. Dando prosseguimento aos trabalhos voltados a esse objetivo, a Prefeitura, por meio da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), retomou, este mês, as obras da Bacia de Detenção do Córrego São Francisco/Assis das Chagas, localizado na avenida Assis das Chagas, Vila Indaiá, na regional Pampulha. 

A bacia terá capacidade para armazenamento de um volume de 66.000 m³ que, além de reduzir os riscos de enchentes na região, também vai minimizar os problemas que ocorrem no aeroporto da Pampulha durante o período chuvoso. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 21,3 milhões neste empreendimento.


Entre os trabalhos realizadas estão a implantação da bacia hidráulica, área de armazenamento, barragem e vertedouro, prolongamento da galeria existente, implantação de via (rua Botumirim) e remanejamento do sistema de esgoto sanitário. 

Atualmente, vários serviços estão sendo realizados no local, como escavação da bacia, aterros, interceptor de esgoto, canaleta de concreto, rede de drenagem e grama do tipo esmeralda.
 


Cronograma

Iniciadas em 2014, as obras foram paralisadas em 2016 em decorrência de atrasos nos repasses de financiamento do Governo Federal, o que comprometeu o pagamento das medições de obra. Com a retomada, a previsão de conclusão da intervenção é o final do primeiro semestre de 2019.

 

 

04/04/2018. Córrego São Francisco, na Av. Assis das Chagas, Vila Indaiá, Regional Pampulha. Foto: Antônio Rodrigues/PBH

Últimas Notícias

Parque Municipal visto do alto com destaque para o lago Parque mais antigo de BH completa 121 anos na próxima semana

naugurado antes mesmo da então nova capital mineira o Parque foi criado para ser o maior e mais bonito parque urbano da América Latina.

20/09/2018 | 21:15