Pular para o conteúdo principal

Reunião on-line
Foto: Divulgação/PBH

Prefeitura promove Fórum da Pessoa Idosa com foco em direitos do consumidor

12/04/2021 | 14:29 | atualizado em 12/04/2021 | 14:29

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania promove mensalmente o Fórum Ampliado de Direitos da Pessoa Iidosa. Realizado de forma on-line, o encontro de abril teve como tema o direito do consumidor idoso na pandemia e os golpes bancários, e contou com a participação de aproximadamente 200 pessoas, entre idosos, estudantes, colaboradores, parceiros, representantes governamentais e da sociedade civil. O Fórum é realizado juntamente com as nove coordenadorias regionais do município e acontece na primeira quarta-feira de cada mês. Podem participar todas as pessoas interessadas na temática do envelhecimento. 

 

Neste mês, a atividade contou ainda com uma reflexão sobre o momento atual da pandemia e destacou a importância de três pilares para a promoção da cidadania, dos direitos e valorização da pessoa idosa. O primeiro tem como foco envelhecimento saudável, apoiado na Década do Envelhecimento Saudável (2020-2030) e o reconhecimento da pessoa idosa como protagonista de sua história. O segundo, com foco no compromisso de Belo Horizonte rumo à cidade amiga da pessoa idosa e, terceiro, o enfrentamento do preconceito contra a pessoa idosa. 

 

Para a diretora de Políticas para a Pessoa Idosa, Renata Martins Costa de Moura, o objetivo do Fórum é trabalhar uma forma de melhorar as ações, pensamentos e sentimentos relacionados ao envelhecimento. “Estamos com projetos e ações para realização ao longo deste ano. Trabalhar todas as etapas e todos os temas para construirmos juntos a cidade em que queremos envelhecer. Qual é a cidade que temos hoje e onde queremos chegar”.  

 

O enfrentamento do preconceito contra a pessoa idosa também foi reforçado na exposição da diretora. “Sempre trazemos esse tema para discussões. Vamos trabalhar a desconstrução e o enfrentamento do preconceito contra a pessoa idosa. É uma temática e atenção pública à pessoa idosa que chegou em um momento muito importante e oportuno que é o contexto da pandemia”, acrescenta. 

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou em 2020 “A Década do Envelhecimento Saudável 2020-2030”, movimento que aponta as diretrizes para a construção de uma sociedade para todas as idades. Um alerta para garantir a igualdade de oportunidades para as pessoas idosas desfrutarem de forma plena seus direitos.  

 

Neste contexto e apoiado no pilar de envelhecimento saudável e o reconhecimento da pessoa idosa como protagonista de sua história, as palestras ministradas pelo advogado e coordenador do Procon-MG Marcelo Barbosa e a advogada e diretora do Instituto de Defesa Coletiva Elen Prates trouxeram como tema o impacto da pandemia na relação de consumo. 

 

Foram abordados pontos como direitos do consumidor, educação financeira, tipos de fraudes e assédios de bancos e financeiras a idosos e a mensagem de que uma boa administração financeira e mudanças de hábitos fazem a diferença e proporcionam um envelhecimento saudável. 

 

Máximo de Fátima Moreira, 68 anos, representante do Movimento de Luta Pró Idoso e participante do Fórum relatou a importância do tema discutido para a população idosa. Para ele, a questão financeira como os empréstimos consignados realizados de forma sem controle e pouco conhecimento tem tirado a paz de muitos idosos. “Tema muito importante explicado no encontro. Muitos têm caído em golpes e o Fórum trouxe orientações e informações dos locais oficiais de defesa dos direitos”.  

 

Quanto ao encontro virtual, ele destaca a importância da segurança e o estímulo à participação e inclusão digital aos idosos como resultados positivos. “Eu me senti protegido e respeitado. Continuamos com  nosso espaço importante  de fala e escuta dos idosos de Belo Horizonte”. 

 

O Fórum é realizado pela Diretoria de Políticas para a Pessoa Idosa na primeira quarta-feira útil do mês, às 9h. Os próximos encontros serão dia 5 de maio, 2 de junho e 7 de julho.