Pular para o conteúdo principal

Fachada da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, durante o dia.
Foto: Stênio LIma/PBH

Prefeitura promove capacitação para Organizações da Sociedade Civil no dia 2/8

30/07/2019 | 17:44 | atualizado em 30/07/2019 | 17:44

 

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, promove na sexta-feira, dia 2 de agosto, atividade formativa sobre elaboração de propostas para edital de chamamento público como o Circuito Municipal de Cultura, entre outros. A capacitação é aberta ao público geral, sendo o principal foco Organizações da Sociedade Civil (OSCs) atuantes na área de cultura. 

 

O encontro acontecerá das 14h às 17h, no auditório 1 da Sede da Prefeitura (avenida Afonso Pena, 1212, 1º andar). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do site doity.com.br/preenchimento-formulario-proposta-cultura. 

 

O objetivo do encontro é orientar e tirar dúvidas dos interessados para a elaboração de propostas para editais de chamamento público que selecionam organizações da sociedade civil para realizar ações em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura. 

 

Ações como esta integram um amplo processo de diálogo e atuação conjunta do Poder Público com a sociedade civil. Desde 2018, o Festival Internacional de Teatro Palco e Rua de Belo Horizonte (FIT-BH), o programa Bolsa Pampulha e a Virada Cultural de Belo Horizonte 2019 foram realizados por meio de parcerias com Organizações da Sociedade Civil selecionadas via edital. 

 

 

Circuito Municipal de Cultura

O chamamento público do Circuito Municipal de Cultura foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) no dia 16 de julho, e está disponível para consulta no portal da Prefeitura. As inscrições para o edital são gratuitas e poderão ser feitas de 5 a 20 de agosto na rua da Bahia, 888, 12º andar. 

 

O Circuito Municipal de Cultura é um dos projetos estratégicos da Prefeitura de Belo Horizonte e integra a Política de Promoção das Artes da Fundação Municipal de Cultura, promovendo a descentralização e a democratização do acesso a uma ampla programação artística-cultural. O edital prevê o investimento de R$2,5 milhões com o intuito de potencializar a programação cultural e artística da cidade, valorizando sua produção local e programando ações relevantes do cenário cultural brasileiro, considerando também a criação artística de Minas Gerais.

 

O projeto vai promover atividades nas áreas de música, teatro, circo, dança, audiovisual, culturas tradicionais e populares, artes visuais e literatura. Também estão previstas ações formativas e reflexivas como workshops, palestras, debates e outras atividades com o objetivo de impulsionar e conectar produtores e artistas locais com referências de mercado nacional.

 

Nesta primeira fase, o Circuito será integrado às ações dos equipamentos da Fundação Municipal de Cultura, entre eles os centros culturais, teatros, museus, Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado e Escola Livre de Artes, além de parques e ruas, zona cultural da Praça da Estação e o Território L4 (Alto Vera Cruz, Baleia, Cidade Jardim, Conjunto Taquaril, Granja de Freitas e Vila da Área), possibilitando o convívio do cidadão belo-horizontino com o espaço público.