Pular para o conteúdo principal

Doutor Tomáz de Aquino Resende, procurador-geral do Município, Ana Laender, primeira-dama de BH, e Alexandre Kalil, prefeito de BH, Maíra Colares, secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, e Dr. Jackson Machado Pinto, secretário municipal de Saúde.
Foto: Amira Hissa/PBH

Prefeitura possibilita melhorias em Instituições para Idosos

11/10/2017 | 19:17 | atualizado em 16/10/2017 | 07:10

Em reunião realizada nesta quarta-feira, dia 11, no Salão Nobre da Prefeitura de Belo Horizonte, foram debatidas as melhorias assistenciais e estruturais nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) da capital. Estiveram presentes o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil; a primeira-dama, Ana Laender; a secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares; o secretário municipal de Saúde, Dr. Jackson Machado; o procurador-geral do Município, Dr. Tomáz de Aquino; o procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Bertoldo de Oliveira Filho; e coordenadores das ILPIs.
 

“As reformas das ILPIs estão sendo acompanhadas pelo Ministério Público de Minas Gerais e serão executadas com velocidade”, ressaltou o prefeito Alexandre Kalil. Segundo Bertoldo de Oliveira Filho, procurador do MPMG, “as ILPIs não tinham condições econômicas para custear as reformas. Então, o Ministério Público relatou essa dificuldade ao prefeito. Ele logo se prontificou a dar um aporte às instituições”.

 

Atualização no valor das parcerias

Maíra Colares, secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, apontou que, pela primeira vez, serão feitos reajustes no valor das parcerias, de acordo com o grau de dependência do idoso. “Com isso, temos o objetivo de melhorar as condições de atendimento nas ILPIs e adequar o número de vagas para cada um desses graus de dependência”, ressalta Maíra.
 

Os reajustes diferenciados para cada grau de dependência do idoso serão de 6% para idosos com grau de dependência I; 10% para idosos com grau de dependência II; e 20% para idosos com grau de dependência III. Além disso, os reajustes serão retroativos ao mês de julho de 2017.

Últimas Notícias

Centro Cultural Alto Vera Cruz promove oficina de primeiros acordes de violão

Oficina de violão é uma das muitas atividades culturais oferecidas no Centro Cultural Alto Vera Cruz, na regional Leste. 

18/04/2018 | 19:16

Ação Intersetorial marca o combate à Febre Amarela na Regional Noroeste

Centro de saúde e escola municipal da Região Noroeste se uniram para informar crianças e adolescentes sobre o combate à Febre Amarela.

18/04/2018 | 19:06