Pular para o conteúdo principal

O controlador-geral do município, Leonardo Ferraz, palestra em evento, em frente a telão, ao lado de mulher.
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura integra Rede de Controle e Combate à Corrupção em Minas

04/10/2019 | 21:17 | atualizado em 07/10/2019 | 15:18

Na quarta-feira, dia 2 de outubro, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Controladoria-Geral do Município de Belo Horizonte (CTGM), participou da primeira reunião da Rede de Controle e Combate à Corrupção em Minas Gerais (ARCCO) - uma articulação de órgãos estatais com o objetivo de combater a corrupção e aprimorar a fiscalização da gestão pública. A adesão à Rede é um reforço de uma prioridade estabelecida pelo prefeito Alexandre Kalil: o combate à corrupção.

 

Durante a solenidade que marcou a adesão de Belo Horizonte à Rede, o controlador-geral do município, Leonardo Ferraz, ressaltou a importância da união de forças entre as entidades. “Essa iniciativa é fundamental, uma vez que trabalha o modelo de um controle em rede. Nós temos hoje várias instituições no nosso país que cuidam do controle da administração pública, e é fundamental que haja uma articulação entre essas instituições para que o controle seja mais eficiente, eficaz e efetivo. Então, nesse cenário, em que buscamos compartilhar projetos, ações, ideias e sistemas, novos mecanismos de atuação do controle interno surgirão, com isso poderemos dar uma resposta mais célere e efetiva para a sociedade”, afirmou.

 

Também participam desta Rede o Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), Controladoria-Geral da União (CGU) e do Estado de Minas Gerais (CGE), Advocacia-Geral da União (AGU), Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE).

 

Além da adesão da Prefeitura de Belo Horizonte ao órgão de combate à corrupção, a solenidade realizada na sede do Ministério Público do Estado de Minas Gerais teve ainda o objetivo de discutir ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico das medidas de combate à corrupção, à articulação de atividades institucionais e ao fortalecimento, ampliação e aprimoramento da rede.


Últimas Notícias

Crianças brincam de pernas de pau na rua, sobre tapete acolchoado. Blocos de carnaval são atrações do BH é da Gente de domingo, dia 20/10

BH é da Gente, do dia 20/10, tem blocos de carnaval e ação de orientação nutricional como atrações. 

17/10/2019 | 22:20
Vista aérea do Parque Municipal, com prédios ao fundo. Confira os principais eventos gratuitos que acontecem em BH neste fim de semana

Nos dias 19 e 20/10, vai ter prática de Tai Chi Chuan, orientação sobre saúde vascular, aula de yoga, caminhada meditativa e muito mais.

17/10/2019 | 18:41