Pular para o conteúdo principal

Imagem da construção da bacia de detenção das Indústrias
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura inicia construção de bacia de detenção na avenida Teresa Cristina

30/06/2020 | 17:40 | atualizado em 03/07/2020 | 19:56

A Prefeitura de Belo Horizonte iniciou as obras de construção da bacia de detenção do bairro das Indústrias, na região do Barreiro. O equipamento terá a função de armazenar o volume excessivo de água durante as chuvas intensas para reduzir o risco de inundações na avenida Teresa Cristina. A bacia será capaz de deter 120 milhões de litros d´água, liberando esse volume aos poucos para não sobrecarregar o canal do ribeirão Arrudas. As obras estão sendo executadas pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap). O investimento é de R$ 28,9 milhões, com financiamento do Governo Federal. 

 

Segundo o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho, esta é mais uma intervenção de grande porte que a Prefeitura executa para diminuir os impactos das chuvas na região. “Quando estudamos as soluções hidráulicas de um local, consideramos toda a área de contribuição da bacia hidrográfica. No caso da avenida Teresa Cristina, inserida na bacia hidrográfica do ribeirão Arrudas e lindeira ao curso d'água, o volume de água que escoa para as regiões mais baixas desta bacia é enorme. Então, a Prefeitura decidiu atacar de maneira firme a deficiência de macrodrenagem nessa região”, explica o superintendente.

 

Em fase final de execução, estão sendo implantadas pela Sudecap duas bacias no córrego Túnel/Camarões na região do Barreiro, que também faz parte da bacia do Arrudas, capaz de reter 400 milhões de litros d´água. Foram concluídas também, nos últimos anos, as bacias de detenção da primeira etapa do Córrego Olaria/Jatobá (que terá capacidade de reter 250 milhões de litros quando as duas etapas estiverem concluídas), a bacia de detenção do Córrego Bonsucesso (com capacidade de 250 milhões de litros) e as obras de recuperação do canal do ribeirão Arrudas, no trecho que vai da rua Rio de Janeiro até a alameda Ezequiel Dias.  


Juntas, todas essas bacias serão capazes de armazenar quase 1 bilhão de litros d´água. Essas obras da Prefeitura diminuem de maneira expressiva os impactos das chuvas na região da avenida Teresa Cristina. Entretanto, ainda assim, para reduzir o risco das inundações nesta avenida, também é necessária a conclusão das intervenções no córrego Ferrugem, em Contagem, iniciadas pelo Governo do Estado, nas quais estavam previstas a construção de três bacias de detenção.


Últimas Notícias

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Prefeitura define diretrizes para contratação de leitos em hospitais privados

O processo de adesão será por meio de chamada pública para seleção simplificada, destinada a hospitais que preencham os critérios definidos.

02/07/2020 | 19:12
Informações da Prefeitura sobre o Covid-19 Prefeitura garante serviços de limpeza durante a pandemia

Varrição, coleta de resíduos comuns e orgânicos, capina, lavação, combate a deposições clandestinas de lixo, são exemplos dessas atividades.

01/07/2020 | 16:49