Pular para o conteúdo principal

Uma máquina de projeção de filmes ilumina os seguintes dizeres: Cine Ambiente em Foco. Museu Inimá de Paula. 30 de novembro de 2017, das 14h às 17h. Rua da Bahia 1.201, Centro.

Prefeitura exibe documentário sobre indústria da carne

criado em 28/11/2017 - atualizado em 29/11/2017 | 08:56
A reflexão sobre a saúde do homem, a relação com o consumo de carne e os direitos dos animais são alguns dos temas abordados no documentário “A Carne é Fraca” que será exibido na edição deste mês do Cine Ambiente em Foco. A sessão acontece na quinta-feira, 30 de novembro, das 14h às 17h, no Museu Inimá de Paula (Rua da Bahia 1.201, Centro). A entrada é gratuita.

O projeto Cine Ambiente em Foco, realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), apresenta mensalmente filmes ou documentários que remetem a questões de sustentabilidade, sempre com profissionais debatendo o assunto. 

O documentário “A Carne é fraca”, produzido em 2004 pelo Instituto Nina Rosa, tem a intenção de provocar uma reflexão sobre os impactos do consumo de carne sejam eles sociais ou ambientais. “Fazer as pessoas conhecerem e refletirem sobre qual a trajetória da carne que chega até seu prato, como é o tratamento dos animais que são criados pela pecuária justamente para o abate é o objetivo da sessão”, disse Leonardo Maciel, gerente de Defesa dos Animais da SMMA. 
 


Convidados do mês

O documentário será comentado por Leonardo Maciel e Laiena Dib. Leonardo Maciel é vegano, médico-veterinário, especialista em animais silvestres e cirurgias, ele milita na causa de defesa dos animais há mais de 15 anos. Laiena Dib é servidora da SMMA, atualmente está na Coordenadoria do Centro de Educação Ambiental Centro-Sul. É bióloga, mestre em ecologia e equoterapeuta.