Pular para o conteúdo principal

Em frente a uma encosta cimentada, três homens trabalham, com capacetes de proteção, durante o dia.
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura executa obra de contenção de encosta no Paulo VI

11/11/2019 | 15:19 | atualizado em 14/08/2020 | 16:38

O período chuvoso não representará mais risco para os moradores da rua Padre Argemiro, no Conjunto Paulo VI, região nordeste da cidade. Tudo porque a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), retomou neste ano uma obra de contenção da encosta que existia no local, beneficiando as cerca de 40 famílias que vivem nas proximidades. O investimento total da intervenção é de cerca de R$ 830 mil.

 

Francisco Paula da Silva mora no conjunto há mais de 30 anos com a esposa e dois filhos. Aposentado, ele ainda costura para complementar a renda da família. Com a casa bem próxima à encosta, sente-se aliviado com o reinício da obra e lembra de quantas melhorias foram feitas desde que se mudou para o local.

 

“Quando eu cheguei aqui era puro barro, depois asfaltou. A encosta era perigosa, aí chegou essa obra. Descia torrão de terra grande e caía perto do meu quarto. Minha esposa ficava preocupada com a gente e com os vizinhos. Quando a obra acabar vai melhorar para todo mundo e agora a gente está seguro”, concluiu.

 

Segundo Alexandre Dayrell, engenheiro da Urbel responsável pela intervenção, na primeira etapa da obra foi feito um muro de contenção na parte de baixo da encosta e canaletas de drenagem. A segunda fase tem previsão de ser concluída até o final do ano e consiste no tratamento do restante da encosta com 280 m² de concreto projetado com tela de aço, 334 m² de revegetação por hidrossemeadura, plantio de 208 m² de grama esmeralda e rede de drenagem.

 

11/11/2019. Obra no Conjunto Paulo VI. Fotos: Divulgação/PBH