Pular para o conteúdo principal

Mulheres na Praça Duque de Caxias. 23 de novembro. Blocos de carnaval, peça teatral, praça de serviços e aula de defesa pessoal.
Arte: PBH

Prefeitura e TJMG promovem evento para mulheres na Praça Duque de Caxias

21/11/2019 | 17:29 | atualizado em 25/11/2019 | 09:43

A Prefeitura de Belo Horizonte e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) promovem no sábado, dia 23 de novembro, o “Mulheres na Praça” – momento de lazer e informação para as mulheres na capital. O evento será das 9h às 15h na Praça Duque de Caxias, no Bairro Santa Tereza, região Leste da cidade.

 

Estão programados shows de bandas femininas, esquetes teatrais, informações e orientações sobre saúde, enfrentamento da violência e proteção para as mulheres, incluindo uma aula de defesa pessoal. São esperadas cerca de 250 pessoas ao longo de todo o dia e todas as atividades são gratuitas.

 

O evento é realizado por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania e pela da Coordenadoria de Apoio à Mulher em Situação de Violência e tem como apoiadores os integrantes da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres (Polícia Militar, Polícia Civil e Defensoria Pública, além de outras instituições parceiras).

 

 

Programação

10h30 - Aula de defesa pessoal


11h30 - Esquete teatral
Roda de Conversa


12h30 - Show da banda “Tapa de Mina”
Roda de Conversa


14h - Show da banda “Sagrada Profana”

 

 

16 dias de ativismo

O “Mulheres na Praça” é organizado pela Diretoria de Políticas para as Mulheres de Belo Horizonte. O objetivo é sensibilizar, destacar o ativismo e compartilhar conhecimento e inovação no que se refere a prevenir e eliminar a violência contra mulheres e meninas em todo o mundo.

 

O evento marca o início da campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” – mobilização global da sociedade civil que, no Brasil, dura 21 dias: começa em 20 de novembro, com o Dia Nacional da Consciência Negra, e termina em 10 de dezembro, Dia da Declaração dos Direitos Humanos.

 

 

Justiça pela paz em casa

O evento também dá início à 15ª edição da campanha “Justiça pela paz em casa”, realizada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais entre os dias 25 e 29 de novembro. O objetivo da campanha é aprimorar a eficácia da Lei Maria da Penha, concentrando esforços para agilizar o andamento dos processos de violência contra a mulher nos âmbitos doméstico e familiar.

 

A campanha tem caráter informativo e promove ações que buscam dar visibilidade ao assunto e sensibilizar a sociedade para identificar sinais de relacionamentos violentos ou abusivos que muitas mulheres brasileiras vivenciam.


Últimas Notícias

Homem, de pé, inclinado sobre tronco de árvore muito grande e antiga retirado da rua, durante o dia. Prefeitura investe em monitoramento de árvores da capital

A PBH prevê um investimento de R$ 15 milhões na poda e supressão de árvores condenadas ou que possam representar riscos de danos.

05/12/2019 | 11:15
Dois homens, ladoa lado, abraçados, vestidos de palhaços, com o rosto branco e roupas medievais. Belo Horizonte ganha Circuito Municipal de Cultura

Realizado por meio de parceria da PBH com o CIRC, circuito visa elevar e dar visibilidade ao potencial cultural de Belo Horizonte. 

04/12/2019 | 15:46