Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Belo Horizonte inicia novas turmas de formação em agroecologia

Prefeitura de Belo Horizonte inicia novas turmas de formação em agroecologia

criado em 09/03/2022 - atualizado em 14/03/2022 | 11:35

A Prefeitura de Belo Horizonte iniciou nesta semana o percurso de formação em agroecologia para novos 150 alunos. Com oferta semestral, o curso promovido por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania busca a qualificação e formação de agentes multiplicadores e promotores dos princípios, fundamentos e práticas da agroecologia, na perspectiva da construção de uma cidade sustentável. 

Duas novas turmas participam do processo formativo com aulas gratuitas oferecidas em formato híbrido, com atividades on-line e presenciais. Ao longo do curso, são tratados temas como Manejo Agroecológico de Agroecossistemas, Sistemas Agroflorestais, Plantas Alimentícias Tradicionais e Não Convencionais, Plantas Medicinais, Gastronomia Agroecológica, entre outros. Nesta edição, a Trilha inclui o eixo transversal ‘Vivências e Experiências Agroecológicas', que proporcionará aos (às) estudantes uma imersão em atividades diversas na cidade. 

A Trilha busca, ainda, o diálogo sobre o tema da agroecologia com a cidade, portanto é aberta a moradores de Belo Horizonte, prioriza o atendimento a públicos como agricultores da cidade e da região metropolitana de BH, profissionais da Educação de Belo Horizonte, servidores públicos de quaisquer esferas com sede em Belo Horizonte, integrantes de organizações, fóruns e coletivos da sociedade civil que atuam com agroecologia no município ou nas cidades da região metropolitana. 

Todas as informações sobre a Trilha estão disponíveis no Portal da Prefeitura de Belo Horizonte, neste link. 

A Trilha da Agroecologia foi criada em 2018 e 11 turmas já participaram das formações. Desde então, mais de 500 pessoas percorreram a Trilha, fortalecendo o debate sobre a temática na cidade, além da realização de ações e intervenções agroecológicas. É uma das formações oferecidas pelo Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional – Mercado da Lagoinha (CRESAN-ML), no âmbito do programa de qualificação profissional "Valorização da Gastronomia Articulada à Agroecologia". Além da agroecologia, o CRESAN oferece também qualificação em três áreas da gastronomia (confeitaria, panificação e gastronomia mineira e belo-horizontina), e formações em educação alimentar e nutricional.