Pular para o conteúdo principal

Imagem de obras concluídas na rua Marselhesa, região do Barreiro
Foto: Divulgação PBH

PBH conclui a primeira de três obras para prevenção de enchentes no Barreiro

26/01/2021 | 15:34 | atualizado em 18/02/2021 | 11:10

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), concluiu as obras de urbanização da rua Marselhesa, por onde passa um afluente do córrego Bonsucesso, no Barreiro. A intervenção trará benefícios aos moradores da região, em especial os do bairro Araguaia e adjacências.

 

Com a obra, as margens do córrego foram estabilizadas e as águas tiveram sua velocidade reduzida (devido ao uso de gabiões – pedras confinadas em gaiolas metálicas), o que irá reduzir os processos erosivos, otimizar os serviços de coleta de resíduos sólidos e, consequentemente, contribuir para a despoluição das águas. Os trabalhos incluíram o tratamento de fundo de vale do córrego, em uma extensão de 520 metros, a complementação do sistema de esgotamento com a implantação de aproximadamente 1,4 quilômetros de rede coletora de esgotos, o saneamento do curso d’água que se estende desde a Praça da Fé até a rua Doutor Cristiano Resende e a implantação de sistema viário.

 

Além da obra da rua Marselhesa, outras duas intervenções ocorrem simultaneamente na bacia do Córrego Bonsucesso, para reduzir o risco de inundações na região, de acordo com o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho. “Para a prevenção de enchentes é necessário sempre considerar a bacia hidrográfica do córrego, e não apenas uma área pontual. Das três obras que estavam em andamento ao mesmo tempo nessa bacia, a da rua Marselhesa agora está concluída. Isso nos deixa muito satisfeitos, pois essa obra irá melhorar drasticamente a qualidade de vida das pessoas do entorno, mas que também irá impactar positivamente a vida das pessoas que moram e transitam pelas áreas a jusante da bacia, por onde segue o córrego”, explica o superintendente.

 

As obras na rua Marselhesa foram iniciadas em setembro de 2018 e contaram com investimento de R$ 7,9 milhões. Os recursos foram captados pelo Município junto ao Governo Federal e integram parte da contrapartida do Programa de Recuperação Ambiental e Saneamento dos Fundos de Vale e Córregos em Leito Natural de Belo Horizonte (DRENURBS). Essa etapa do programa, viabilizado a partir de financiamento contratado pelo Município junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem como objetivo a recuperação ambiental da bacia do Córrego Bonsucesso, incluindo intervenções de tratamento de fundo de vale, urbanização e saneamento.


 

Outras obras no córrego Bonsucesso

Há, ainda, outras duas intervenções em andamento no Córrego Bonsucesso. A obra de implantação e complementação do sistema de esgoto da bacia contempla a construção de galeria da rua 7 para a canalização do córrego paralelo a essa via e a concordância da rua Cristiano Resende com a rua Bechelany, além de adequações na área do entorno.

 

A outra obra em andamento, chamada de Trecho 5, visa a estabilização das margens, controle de aporte de sedimentos ao curso d' água, preservação de Área de Proteção Ambiental (APP), proteção de calha e taludes do córrego contra processos erosivos e viabilização do sistema de esgotamento sanitário no trecho. Isso irá permitir a redução do risco de inundações, complemento das intervenções já existentes na bacia hidrográfica, resultando ainda na viabilização da implantação/complementação do sistema de esgotamento sanitário visando à despoluição do curso d' água. A previsão de conclusão desse trecho é no primeiro semestre de 2021.