Pular para o conteúdo principal

Prefeitura antecipa realocação dos camelôs do hipercentro

04/07/2017 | 16:56 | atualizado em 07/07/2017 | 15:14

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 4, o prefeito Alexandre Kalil anunciou a antecipação para quinta-feira, dia 6, do sorteio de vagas para realocar os camelôs cadastrados em shoppings populares. O sorteio estava previsto para acontecer na última semana de julho, mas será antecipado, com a anuência do Ministério Público de Minas Gerais, depois que a Prefeitura iniciou, na segunda-feira, dia 3, a operação de fiscalização para coibir a atuação de vendedores irregulares no Hipercentro.
 

A realocação dos camelôs faz parte do Plano de Ação do Hipercentro e visa a cumprir o Código de Posturas do Município, que proíbe o comércio irregular no logradouro público.
 

“Estamos cuidando de uma cidade de 2,5 milhões de habitantes e é para ela que vamos governar. O Hipercentro de Belo Horizonte será devolvido à população e aos comerciantes que pagam seus impostos. A Prefeitura vai acolher, investir, treinar e dar subsídios para que os camelôs tenham a oportunidade de atuar nos shoppings populares. É importante lembrar que as ações de fiscalização do comércio irregular são definitivas e permanentes, e serão estendidas a outros bairros”, afirmou o prefeito.
 

A secretária municipal de Serviços Urbanos, Maria Caldas, lembrou que, nos últimos quatro meses, a Prefeitura cadastrou 1.137 camelôs. Na última semana, mais de cem servidores municipais atuaram no cadastramento dos camelôs.
 

“Com a antecipação do edital de credenciamento dos shoppings populares, teremos condições jurídicas de abrir os sorteios e realocar os camelôs a partir de quinta-feira, dia 6 de julho. A instalação definitiva nos shoppings será acompanhada de um diálogo frequente para que a Prefeitura comece a capacitar e oferecer cursos aos camelôs”, disse Maria Caldas.
 

De acordo com o Plano de Revitalização do Hipercentro, os camelôs começarão a pagar R$ 30 mensais. “Paralelamente a isso, está em tramitação na Câmara Municipal um projeto de lei que visa à inserção de camelôs em shoppings privados a preços populares. A Prefeitura irá subsidiar parte do aluguel durante cinco anos”, salientou a secretária.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

PBH realiza reconstrução da rede de drenagem na avenida dos Andradas

Reconstrução da rede de drenagem na avenida dos Andradas gera economia e mais segurança à população.

16/01/2019 | 19:44
Fachada do BH Resolve, durante o dia. Sala Mineira do Empreendedor, no BH Resolve, vai oferecer serviços da Fecomércio

Desde 15/1, a Fecomércio MG vai oferecer seus serviços na Sala Mineira do Empreendedor, no BH Resolve.

15/01/2019 | 19:50