Pular para o conteúdo principal

Prefeito visita obras de nova sede do Centro de Saúde Cabana

13/06/2019 | 21:45 | atualizado em 25/06/2019 | 20:02

O prefeito Alexandre Kalil visitou, na quinta-feira, dia 13 de junho, as obras de construção da nova sede do Centro de Saúde Cabana, na região Oeste da cidade. Essa é a primeira unidade, entre as que integram o pacote de obras de reconstrução de equipamentos de saúde da capital por meio de Parceria Público-Privada (PPP), a receber as intervenções. Ao todo serão reconstruídos 40 centros de saúde, uma Central de Material Esterilizado e um laboratório. A obra conta com a utilização de tecnologia moderna – o sistema steel frame, em que as estruturas de concreto com fechamentos de tijolos/blocos ou alvenaria estrutural são substituídas por uma estrutura de aço galvanizado leve, revestida com placas prontas para receber pintura ou revestimentos –, que possibilita maior rapidez na conclusão. Os trabalhos começaram em março e o término está previsto para dezembro. 

 

A nova sede está sendo construída na rua Centro Social, 536, no bairro Cabana. “São quarenta unidades e essa é a primeira. Não é um aumento do número de centros de saúde, é substituição de um equipamento que não tem mais condição de funcionar. Uma tecnologia nova e rápida. Esse é um lugar que visitei antes de ser prefeito e falei que iria construir um centro de saúde, que foi derrubado, inexplicavelmente, e hoje a população é muito mal atendida em uma casa alugada”, afirmou o prefeito Alexandre Kalil.

 

O projeto prevê uma unidade com três pavimentos, 17 consultórios, farmácia, sala de odontologia com seis cadeiras para atendimento, sala para vacina, sala para coleta de material para exames, sala de observação de enfermagem, áreas administrativas e salas para reunião. Além disso, terá áreas com 100% de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. “Não só vamos ganhar com a segurança e o conforto, mas também com uma sede moderna e construída de maneira rápida”, avaliou o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto.

 

 

Construção moderna 

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento da Capital, Henrique Castilho, o novo modelo representa uma evolução. “É uma construção moderna, uma evolução nas obras da Prefeitura. Um centro de saúde que terá o padrão de um hospital, considerando o acabamento e o material a ser usado. Além da obra, a PPP também prevê a entrega de mobiliário e manutenção das construções”, ressaltou. 

 

Castilho assinalou que a tecnologia utilizada possibilita mais rapidez e qualidade. “Esse sistema construtivo é o steel frame, já usado nos Estados Unidos há mais de 20 anos, com revestimento em paredes de drywall (sistema de construção a seco que utiliza pouca ou nenhuma água e não demanda a utilização de argamassa ou outro material), um revestimento laminado por cima e o piso em paviflex. Isso é uma das coisas mais modernas. Os prédios hoje, na verdade, a parte interna dos prédios, inclusive o novo prédio da Sudecap, é toda em drywall. Isso é alta tecnologia e não estraga com facilidade. E toda a manutenção está incluída", explicou. 

 

A população atendida pela unidade é de cerca de 20 mil pessoas com sete equipes de saúde da família. O investimento para todas as obras – 40 Centros de Saúde, laboratório e Central de Material Esterilizado – é na ordem de R$ 215 milhões. O pagamento terá início somente após a conclusão de todos os equipamentos, por se tratar de uma Parceria Público-Privada.


Últimas Notícias

Casal segura papel digitado à mão. Contrato de aluguel social já é uma realidade em Belo Horizonte

A primeira família assinou o contrato de aluguel no dia 14/11, na Urbel. A atual etapa do projeto contempla 202 idosos.

06/12/2019 | 11:41
Técnica do posto de saúde oferece vidro a mãe com bebê Regional Noroeste inaugura Unidade Coletora de Leite Materno e incentiva doação

O Centro de Saúde Bom Jesus busca alertar a sociedade para a importância do aleitamento materno.

02/12/2019 | 12:45