Pular para o conteúdo principal

“Ponto Limpo” na região Norte ganha adesão da população

25/05/2017 | 17:06 | atualizado em 12/01/2018 | 14:52

Neste mês de maio, a região Norte da capital comemora a revitalização de mais uma área degradada, onde antes havia muito mato, lixo e entulho. A área contemplada fica às margens do córrego Tamboril, no Conjunto Felicidade. Na fase final da revitalização, após a remoção dos resíduos, houve a instalação da placa indicativa de “Ponto Limpo”, com o plantio de mudas ornamentais e a pintura de meios-fios.

 

Segundo Nessília Maria Beirão, técnica do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), um processo de diálogo foi estabelecido com a população, que se mostrou muito interessada em colaborar com a preservação da limpeza do local. “Há um sentimento positivo de apropriação dos espaços por parte dos moradores, com o objetivo de evitar que novas deposições irregulares de resíduos tomem conta do lugar”, observa.

 

Técnica de Mobilização Social da SLU, Rejane Silva destaca que a região é atendida por serviços regulares de limpeza urbana, incluindo a coleta domiciliar e as ações frequentes de limpeza de córregos. “Por isso, não há justificativa para o descarte indevido de lixo nas vias públicas”, adverte. “Por outro lado, é gratificante perceber que o cidadão está cuidando do que é dele, defendendo as melhorias e denunciando irregularidades”, comemora a técnica.

 

Para fortalecer a consciência da preservação do “Ponto Limpo”, a SLU orientou a comunidade sobre a correta destinação de entulho às Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes (URPVs) e a observância dos dias e horários corretos para a coleta do lixo domiciliar. Na ocasião, também foram distribuídas sacolinhas retornáveis, apropriadas para a utilização em veículos ou para a coleta de resíduos leves.