Pular para o conteúdo principal

Foto promocional da peça com os dois atores utilizando o celular deitados em uma cama; mulher espia o celular do homem. Foto: Nello Aun
Foto: Nello Aun

Peça teatral discute o uso das redes sociais

11/07/2017 | 10:19 | atualizado em 31/08/2017 | 13:39

O Teatro Raul Belém Machado recebe de 13 a 16 de julho o espetáculo “Até que o face ou o zap zap nos separe! Nos una ou nos mate!”, produzido pela Entrearte Produções de Teatro. A peça leva para o palco situações engraçadas que ocorrem com os usuários das redes sociais. Os ingressos podem ser adquiridos por R$40,00 (inteira), R$20,00 (meia) ou por R$17,00 para os primeiros 50 ingressos de cada dia de apresentação.

 

Utilizando recursos multimídia, o espetáculo apresenta a história do casal Carlos Eduardo e Emanuelle que tem suas vidas e a relação amorosa viradas de cabeça para baixo depois de acontecimentos comprometedores dos dois caírem nas redes sociais. Em meio a essas situações, outros personagens como o técnico de computação Venceslau e o garanhão Pezão são revelados no desenrolar da história.

 

A peça traz uma discussão sobre o uso exagerado das novas tecnologias e como elas podem afetar a vida das pessoas em diversos aspectos, desde relações amorosas às relações profissionais. De forma descontraída, ela busca fazer um alerta sobre esse uso desmedido das redes sociais e desperta uma reflexão sobre os riscos da exposição virtual excessiva. O espetáculo estreou em Belo Horizonte em 2015 e desde então já foi apresentado em diversos festivais de teatro e cidades de Minas Gerais.

 

“Até que o face ou o zap zap nos separe! Nos una ou nos mate!”

De 13 a 16 de julho, de quinta a sábado, às 20h; domingo, às 19h

Teatro Raul Belém Machado (Rua Leonil Prata, s/nº, Alípio de Melo – em frente à praça Paulo VI)

Ingressos: R$40,00 (inteira), R$20,00 (meia) e R$17,00 para os primeiros 50 ingressos de cada dia

Informações para o público: (31) 3277-6437