Pular para o conteúdo principal

Mulher com camiseta branca escrita Lian Gong levanta braço direito e posiciona o braço esquerdo, dobrado, junto à cintura; seu movimento é acompanhado pelos mais de dez praticantes de Liang Gong, situados atrás dela, em local aberto, durante o dia.
Foto: Divulgação PBH

PBH oferece, em mais de 200 unidades, prática chinesa que promove bem-estar

03/01/2020 | 17:27 | atualizado em 07/01/2020 | 11:48

Em Belo Horizonte, a Prefeitura oferece, para mais de 12 mil pessoas, a oportunidade de praticar Lian Gong, uma atividade chinesa que enfatiza a abordagem do ser humano, promovendo a interação entre corpo e mente. A prática é disponibilizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em mais de 200 locais, e, desde 2017, o número de alunos vem sendo ampliado, passando de sete mil para os atuais 12 mil. As aulas, gratuitas, são realizadas nos centros de saúde e também em Academias da Cidade e outros equipamentos públicos da Prefeitura (Centros de Referência em Assistência Social, centros culturais), além de espaços como associações de bairro, salões paroquiais, praças e parques.  

 

De acordo com a coordenadora do programa do Lian Gong em 18 Terapias, Luzia Toyoko Hanashiro, a prática tem muitas vantagens, como a prevenção e tratamento das dores no corpo, especialmente para quem sofre com dores crônicas. “A atividade regular promove a manutenção dos benefícios obtidos e o praticante consegue reduzir ou eliminar os quadros de dor e, muitas vezes, abrir mão dos medicamentos analgésicos e antiinflamatórios. Outro resultado importante é a melhora da qualidade do sono. Quando a pessoa consegue colocar o corpo no lugar, ela consegue dormir melhor”, afirma.

 

A aposentada Ana Maria Leal Coser, 70 anos, faz Lian Gong há cinco anos. Cheia de energia e vitalidade, ela conheceu a prática por intermédio de uma amiga e relata melhoria na qualidade de vida desde que começou a fazer as aulas. “Minha disposição para as atividade do dia a dia melhorou muito. O humor também é outro e as dores nas articulações reduziram”, conta. Os resultados são confirmados por Maria Amélia Saldanha Vasconcelos, 78 anos,  também aposentada. “Melhorou minha mobilidade, equilíbrio, pressão arterial e, principalmente, o sono”, diz.

 

O Lian Gong promove ainda o bem-estar geral, pois a prática atua no corpo, mente e nas emoções, fazendo com que as pessoas fiquem mais alegres e bem mais dispostas. E atrelado a tudo isso, as pessoas são estimuladas a melhorar, cada dia mais, a alimentação, procuram fazer mais atividades físicas e a se cuidar mais.

 

“A prática não tem contraindicação, a não ser aquelas situações graves em que se deve ter cuidados especiais com a saúde como tratamento de câncer, pós-cirurgia e infecções graves. É indicado para todas as idades, mas o público  idoso gosta mais porque é uma atividade de baixo impacto, fácil de fazer. Por isso a adesão de idosos é bastante grande”, complementa a coordenadora do programa do Lian Gong.

 

 

Lian Gong

Lian Gong em 18 Terapias é uma prática corporal fundamentada na Medicina Tradicional Chinesa. A ginástica terapêutica é composta por três módulos, cada um com 18 exercícios. O primeiro promove movimentos que atuam na prevenção e tratamento das dores crônicas do pescoço e ombros, costas e região lombar e glúteos e pernas. O segundo consiste em exercícios para prevenção e tratamento de articulações doloridas das extremidades, tenossinovites e desordens funcionais dos órgãos internos. E a terceira parte – Qi Gong – tem o objetivo de melhorar o funcionamento dos pulmões e do coração, fortalecendo o Qi (sopro vital).

 

Para informações sobre onde praticar o Lian Gong, basta procurar o centro de saúde mais próximo de casa.

 

 

03/01/2020. Prática chinesa promove bem-estar e reduz dores. Fotos: Divulgação/PBH


Últimas Notícias

Mapa descrevendo o desvio na Av. Afonso Pena BHTrans faz operação de trânsito para Carnaval 2020 na avenida Afonso Pena

Para a segurança de todos, a BHTrans orienta os motoristas que redobrem a atenção e respeitem a sinalização implantada.

21/02/2020 | 14:02
Mãe segurando a filha no Hospital Odilon Behrens Hospital Odilon Behrens oferece uma rede ampla de atenção à gestante

As mulheres são atendidas por demanda espontânea ou por meio de encaminhamento feito por outros serviços de saúde.

21/02/2020 | 12:41