Pular para o conteúdo principal

Fachada de centro de saúde com seis pessoas ao redor. Foto ilustrativa.
Foto: Vander Brás/PBH

PBH nomeia mais de 580 aprovados em concursos da Saúde

22/12/2017 | 17:37 | atualizado em 29/12/2017 | 12:08

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, convocou, nesta sexta-feira, dia 22 de dezembro, mais 74 médicos – dez clínicos, dois endocrinologistas, dois infectologistas e 60 médicos do programa Saúde da Família – e sete enfermeiros da Saúde Pública ou Epidemiologia, aprovados por meio do concurso regido pelo Edital 07/14. Com a medida, o Município encerra 2017 com a nomeação de mais de 580 aprovados em seleções da área da Saúde.

 

Os profissionais prestarão atendimento em Upas, Samu, Centros de Saúde, Unidade da Rede Complementar e Diretorias Regionais de Saúde. Os candidatos deverão apresentar toda a documentação em tempo hábil para viabilizar sua admissão no prazo de até 20 dias, contados a partir do primeiro dia útil subsequente ao da publicação da nomeação.

 

Cronograma será cumprido

Em janeiro, mais 130 aprovados em concursos da Saúde serão chamados, fechando o cronograma previsto pela Prefeitura. Ao todo, serão 713 profissionais a mais atuando no Sistema Municipal de Saúde, entre médicos, cirurgiões-dentistas, técnicos de serviços de Saúde, agentes de combate a endemias e agentes comunitários de Saúde, em substituição aos profissionais contratados administrativamente.

 

Segundo o secretário de Planejamento, André Reis, a Prefeitura implementou a reforma administrativa, renegociou contratos e adotou medidas de contenção de despesas que ajudaram a equilibrar a contas da Administração Municipal e permitiram, entre outras ações, que mais de dois mil aprovados em concursos das áreas da Saúde e da Educação fossem chamados em 2017.

 

“Com planejamento e ajuste em caixa, a prefeitura pagou seus servidores em dia em todos os meses de 2017, antecipou o 13º salário, liberou benefícios que estavam atrasados por gestões anteriores, concedeu reajuste e nomeou esse volume considerável de aprovados. Todo esse esforço consolida a política da atual gestão de valorizar o funcionalismo municipal e, com isso, contribuir com as melhorias no atendimento prestado ao cidadão”, destaca o secretário.