Pular para o conteúdo principal

Cavalos e carroceiros.
Divulgação: SMMA

PBH conclui agenda de vacinação de equídeos e emplacamento de veículos de tração

criado em 08/07/2022 - atualizado em 08/07/2022 | 15:35

Foi concluída nesta sexta-feira (8) a agenda de vacinação e microchipagem de equídeos, bem como a vistoria e emplacamento dos veículos de tração com que são utilizados. A ação conjunta, realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, BHTrans e SLU,  contou com reuniões em 17 URPVs no objetivo de atender o público de todas as regionais da capital. Ao todo, foram vacinados 310 animais e emplacados mais de 100 veículos. Este número corresponde aos mais de 250 cadastros de tutores previamente realizados até o mês de março de 2022. 

 

A medida atende a Lei Municipal 10.119/11, que dispõe das regras para o tráfego de veículo de tração animal em via pública, bem como dos animais utilizados em cavalgadas, passeios e demais atividades. Os equinos foram imunizados contra tétano, meningite e raiva e receberam doses de vermifugo e carrapaticida - este último para controle da febre maculosa. As carroças que estavam completamente regulares receberam o emplacamento azul, enquanto as que não apresentaram regularidade total receberam uma placa laranja. Estas, terão o prazo de um ano para efetuar todas as adequações necessárias e deverão retornar às URPVs para revisão.

 

Nos encontros, ainda, os carroceiros puderam receber instruções e tirar dúvidas sobre as diretrizes que respaldam a atividade, como normas de bons tratos, condições dos veículos e equipamentos, regras de trânsito e deposição adequada de resíduos, condições de trabalho e saúde dos animais.

 

Para os tutores que concluíram os cadastros e capacitações, mas não compareceram às unidades para emplacamento e vacinação de animais, haverá uma nova chamada no segundo semestre para conclusão do esquema.

 

Vale destacar que a iniciativa atende a uma demanda antiga da população para coibir abusos cometidos contra animais de tração, além do apoio à comunidade carroceira por meio da regularização da atividade. Quem conta é o gerente de Defesa dos Animais da SMMA, Leonardo Maciel “Esta é uma demanda que há tempos trabalhamos para solucionar. Era preciso ter conhecimento e controle destes animais, para impedir ações irregulares de manejo e cuidados. Além de oferecer instrumentos para uma fiscalização efetiva, o cadastramento das carroças e animais de tração é importante para promover mais segurança no trânsito e realização adequada da atividade carroceira no município”, conclui.