Pular para o conteúdo principal

Prefeito Alexandre Kalil concede entrevista à imprensa
Foto: Amira Hissa

PBH avaliará impacto das festas de fim de ano para definir sobre flexibilização

30/12/2020 | 17:27 | atualizado em 31/12/2020 | 10:01

O prefeito Alexandre Kalil anunciou nesta quarta-feira (30) que acompanhará o comportamento dos indicadores epidemiológicos ao longo da semana que vem para definir sobre o funcionamento das atividades econômicas na cidade. Como no feriado de Ano Novo a cidade fica mais vazia, os integrantes do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 e técnicos da Prefeitura optaram por esperar os índices de contaminação pelo Coronavírus e ocupação de leitos hospitalares na volta das festividades de Natal e Réveillon. 

 

“Com um pouco de responsabilidade, que não tenhamos que sacrificar empregos e empresários e retomar o fechamento da cidade. Estamos em uma semana decisiva”, avisou o prefeito. Alexandre Kalil lamentou a “irresponsabilidade” dos promotores e participantes de festas em meio à pandemia, aumentando as chances de disseminação do Coronavírus em Belo Horizonte, especialmente de pessoas que viajarão neste final de ano.  “Não é hora de fazer festa. É hora de ter responsabilidade e de demonstrar que se preocupa com o outro”, completou o secretário de Saúde, Jackson Machado. 

 

A decisão da Prefeitura está alinhada com a atual capacidade de atendimento hospitalar sob responsabilidade do Município e baseada no nível de alerta geral do termômetro da Covid-19, que manteve-se pelo oitavo dia consecutivo no vermelho, indicando atenção máxima no processo de flexibilização. 

 

O termômetro, com os índices epidemiológicos, permaneceu no limite em razão da taxa de ocupação de leitos de UTI continuar no vermelho, demonstrando o alto nível de internações de pacientes mais graves com a Covid-19 nas redes SUS e Suplementar.  


A ocupação dos leitos de Enfermaria destinados para o tratamento de pessoas com a doença se manteve estável no período, transitando no nível amarelo. Em 18 de dezembro o índice de Enfermaria marcava 62,4% e, nesta quarta-feira, ficou em 65,3%. No final de novembro, a Secretaria Municipal de Saúde determinou a suspensão temporária das cirurgias eletivas, como forma de assegurar leitos e mão de obra para o tratamento da Covid-19.

 

Já o índice de transmissão (Rt) vem apresentando queda gradativa no período, mas ainda sem impactos na ocupação dos leitos. No último dia 18, o Rt registrado foi 1,11 (amarelo), enquanto nos dias 28, 29 e 30 de dezembro atingiu o nível verde, marcando 0,96, 0,95 e 0,96 respectivamente. “Se a cidade está mais vazia, o RT cai. O CTI (ocupação dos leitos) está estável, mas em patamar alto”, alegou o prefeito Alexandre Kalil.

 

 

Festas de Final de Ano

 

A Prefeitura reitera que não há autorização para realização de festas em salões, clubes e similares e que não é o momento de realizar confraternizações com pessoas que não são do convívio diário. As viagens também devem ser evitadas. Para orientar a população, a Prefeitura preparou uma cartilha baseada em orientações da Fiocruz e que devem ser seguidas durante as festas de final de ano.