Pular para o conteúdo principal

Roda de conversa da exposição “Sentidos do Nascer”
Foto: Clara Karmaluk

Parque das Mangabeiras recebe exposição “Sentidos do Nascer”

criado em 19/10/2022 - atualizado em 19/10/2022 | 16:04

Quem visita o Parque das Mangabeiras, além de aproveitar os atrativos da área verde, poderá ter uma experiência interativa e entender um pouco mais sobre a cultura do nascimento no Brasil. Isso porque o espaço está sediando mais uma edição do Projeto Sentidos do Nascer, em exposição na Praça das Águas, em frente ao prédio da administração do Parque, até 18 de dezembro.

 

Temas como os benefícios do parto normal, prejuízos da cesariana sem indicação e mitos sobre o nascimento e parto serão tratados em diferentes ambientes e de variadas formas. Essa é a 17ª edição da exposição, que foi criada em 2014, fruto de uma parceria entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Prefeitura de Belo Horizonte, financiada pelo edital Prematuridade MS/CNPQ/Fundação Bill e Melinda Gates de 2013.

 

A mostra funciona às sextas-feiras, das 13h às 17h, e aos sábados, das 10h às 14h, com entrada gratuita. Agendamentos para visitas em grupo (acima de cinco pessoas) podem ser feitos pelo site: www.sentidosdonascer.org.br. A utilização de máscara cobrindo nariz e boca é obrigatória na parte interna da exposição, de acordo com protocolo de biossegurança da UFMG. O uso da máscara na parte externa do Parque, nos espaços ao ar livre, é facultativo.

 

Espaços interativos

 

A visita é dividida em ambientes com propostas diversas. No primeiro espaço interno, chamado “Gestação”, há uma projeção 3D da imagem do visitante, que se vê grávido(a). Na sequência, o “Mercado do Parto” apresenta críticas à forma de tratamento da gestação e do parto como negócio.  O terceiro ambiente, “Controvérsias”, mostra o diálogo entre os sujeitos que costumam opinar e influenciar a decisão da gestante sobre o parto. Com linguagem simples e direta, o vídeo simula o que as gestantes costumam ouvir durante a gestação. Na sequência, o público segue para a experiência sensorial do “Nascimento”. No ambiente são reproduzidos sons de batimentos cardíacos e ruídos que a criança ouve quando está no ventre da mãe. Por fim, os visitantes entram no útero e nascem, passando pelo canal de parto, quando são recebidos pela imagem de uma grande e acolhedora mulher-mãe de braços abertos.

 

Durante todo o percurso, os visitantes são acompanhados por alunos do curso de formação de multiplicadores, oferecido como Curso de Extensão da UFMG. Além da visita à exposição, são oferecidas atividades para o público geral, em especial gestantes, seus acompanhantes e familiares, com a exibição de documentários; rodas de conversa com grupos de apoio ao parto; oficinas; bate-papo com profissionais e professores da UFMG; entre outras atrações.

 

Sobre o projeto

 

O projeto foi idealizado pela pediatra e epidemiologista do Movimento BH Pelo Parto Normal da Secretaria de Saúde de BH, Sônia Lansky, e pelo professor da Faculdade de Educação da UFMG e historiador da Ciência, Bernardo Jefferson de Oliveira. Em 2015, foi vencedor do prêmio InovaSUS 2015 - Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) que reconheceu, incentivou e premiou projetos e experiências inovadoras na Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde no âmbito do SUS.

A coordenação é realizada por equipe multiprofissional formada por professores da Faculdade de Educação, Escola de Enfermagem, Faculdade de Medicina e Faculdade de Ciências Econômicas

 

Serviço:

Exposição Interativa Sentidos do Nascer

Período: de 7 de outubro a 18 de dezembro de 2022

Horário: sextas-feiras das 13h às 17h; e sábados, das 10h às 14h.

Local:  Parque das Mangabeiras

Endereço: avenida José do Patrocínio Pontes 580, Mangabeiras

Informações e Agendamento de visitas em grupos (acima de 5 pessoas) pelo site:

www.sentidosdonascer.org.br.