Pular para o conteúdo principal

Técnica de saúde bucal mostra a cidadã próteses de dentes e gengiva para sensibilizar sobre a importância da saúde bucal. Foto: Mariana Garboci
Foto: Mariana Garboci

Pampulha comemora Dia Mundial da Saúde

10/04/2017 | 19:04 | atualizado em 01/06/2017 | 09:09

Comemorado em 07 de abril, o Dia Mundial da Saúde teve uma atenção especial na Pampulha. A Gerência de Saúde da Regional Pampulha, por meio da equipe do Núcleo de Apoio à Família na Pampulha (NASF-P) e Academia da Cidade, realizou diferentes ações de promoção com o objetivo de incentivar e conscientizar a população sobre a importância de cuidar da saúde através da adoção de hábitos saudáveis que podem prevenir doenças.

 

No dia 07, a equipe montou um estande na estação do MOVE Pampulha para aferição de pressão arterial e glicemia, orientação sobre alimentação saudável, medidas do IMC (Índice de Massa Corporal), orientações sobre DST’s, palestras sobre dengue/ febre amarela e avaliação da saúde bucal. Mesmo apressadas com os horários de partidas de ônibus, cerca de 320 pessoas se interessaram pelo tema, e, em um rápido “pit-stop”, pararam no estande para participarem das atividades.

 

Já no dia 10, a sede da Regional Pampulha ficou movimentada. Enquanto algumas pessoas verificavam a apressão arterial e a glicemia, os mais animados participaram de um aulão de ginástica com o educador físico Bruno Hudson da Academia da Cidade São Francisco. A equipe de estudantes e professores dos cursos de Biomedicina e Enfermagem da Faculdade UNIFENAS, parceira da PBH, atendeu mais de 200 pessoas, aferindo pressão arterial, orientando quanto às questões nutricionais e distribuindo material educativo.

 

Assistente administrativo na Gerência do Orçamento Participativo, Aloísio Ribeiro aproveitou o momento para aferir a pressão arterial e a glicemia: “Foi ótimo. Acho até que poderia ter mais vezes.” Mesma opinião teve Valdete Ceruti, assistente administrativo no gabinete da Regional Pampulha: “A atividade física anima a gente. Meu dia melhorou. Pena que foi só hoje”, disse.

 

Referência Técnica do Nasf-P, Mariana Garboci explicou que o resultado foi positivo: “Na ação realizada na sede da Regional, grande parte das pessoas atendidas apresentaram alteração na pressão arterial. Identificamos muitos hipertensos que não utilizam a medicação adequadamente e tivemos, inclusive, que realizar encaminhamentos à UPA por dados alterados.”

 

Para Mariana, é de extrema importância o comprometimento das pessoas com a sua saúde e bem estar: “Enquanto profissionais da saúde, devemos conscientizar e incentivar o processo de auto cuidado nas pessoas para que se tornem mais ativas e passem a olhar para si, escolhendo as melhores ações e formas de cuidar da sua saúde”, finalizou.