Pular para o conteúdo principal

No Dia Mundial do Turismo, Prefeitura celebra reaquecimento da economia impulsionado pelos eventos
Foto: Festival Planeta Brasil

No Dia Mundial do Turismo, PBH celebra reaquecimento da economia

criado em 27/09/2022 - atualizado em 27/09/2022 | 16:30

A Belotur e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico comemoram o Dia Mundial do Turismo com foco no bom resultado do retorno dos eventos de potencial turístico para a economia da capital. Para além dos já consagrados atrativos gastronômicos, que deram a Belo Horizonte o título de Cidade Criativa da Gastronomia, BH vem consolidando seu lugar de destaque também no circuito de grandes eventos culturais e de entretenimento, que atraem visitantes de todo o estado e de outras regiões do país. Esse fluxo de pessoas estimula a oferta de serviços e aumenta a arrecadação. A ocupação hoteleira reflete essa movimentação, e atingiu em agosto deste ano 75% de média mensal, segundo ABIH-MG (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais). Em 2022, de janeiro a junho, foram registrados R$ 38,6 milhões recolhidos somente em impostos sobre serviços (ISS) relacionados às atividades parcialmente e tipicamente turísticas.


Seja com festivais de música, como Sarará e Planeta Brasil, ou de eventos corporativos, como FIRE Festival e a Exposibram, o pós-pandemia tem deixado as agendas dos principais espaços de eventos da cidade, como Mineirão e Expominas, lotadas há meses. A Belotur apoia grande parte dos maiores eventos da cidade e patrocina alguns deles por meio de editais de fomento e incentivo ao turismo, como o Programa Belo Horizonte 4 Estações, que consiste em uma ação contínua de promoção e consolidação do posicionamento turístico da capital. Seu principal intuito é apresentar a capital mineira como uma cidade atraente, promovendo seus atributos e eventos por meio de uma plataforma segmentada em quatro períodos temáticos. Essas temporadas unem o clima a uma série de atrativos percebidos em Belo Horizonte durante o verão, outono, inverno e primavera. 


Lançado em 2018, o projeto já disponibilizou 13 Editais de Concessão de Auxílio Financeiro para a realização de eventos de potencial turístico em Belo Horizonte, e até o momento foram cerca de R$ 20.845.000,00 injetados no setor, com 460 eventos aprovados e realizados em Belo Horizonte. 


“O ‘Programa Belo Horizonte 4 Estações’ chega a 13° edição exercendo o papel de fomentar eventos com potencial turístico. Esse projeto já consolidado gera fluxo turístico na cidade, dando oportunidade para demonstrarmos a nossa hospitalidade, para além da nossa localização geográfica estratégica, boa oferta da rede hoteleira e mão de obra capacitada. Todo esse esforço demonstra que estamos vivenciando uma Belo Horizonte mais feliz, mais pulsante e efervescente”, comenta Gilberto Castro, presidente da Belotur.  


O setor de serviços turísticos na cidade fechou o ano de 2021 com R$3 bilhões de faturamento e este ano promete ser significativamente melhor, de acordo com levantamento da Belotur. "Uma cidade vocacionada para a hospitalidade, como Belo Horizonte, tem tudo para ver seu turismo se consolidar. Esse movimento é extremamente positivo para todos nós, pois estimula toda a cadeia produtiva, gera renda e promove o desenvolvimento. Nosso compromisso é facilitar essa tendência e contribuir para uma oferta de mão de obra cada vez mais qualificada”, explica o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Adriano Faria.


Atenta ao crescimento da demanda por qualificação na prestação de serviços, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico vem oferecendo uma série de cursos e formações gratuitas. Mais de mil pessoas já foram capacitadas pelo projeto Gastronomia para todos, que oferece cursos voltados para a geração de novos negócios e o aprimoramento de profissionais do setor alimentício, legitimando o título de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia.


Ainda no ramo, estão abertas vagas para cursos de formação para garçons e garçonetes e para cozinheiros que desejam se especializar em culinária vegana, em parceria com o Instituto Cultural Boa Esperança. As mulheres que desejam atuar ou se qualificar no setor de transportes também podem participar de cursos e palestras gratuitas, em parceria com o SEST/SENAT. As inscrições e informações completas estão disponíveis neste link.