Pular para o conteúdo principal

Mulher dirige fusca azul com menino sentado no banco traseiro. Cena do filme "O ano em que meus pais sairam de férias"
Foto: Divulgação

Mostra no MIS Cine Santa Tereza destaca filmes sobre relações familiares

04/02/2019 | 18:38 | atualizado em 09/04/2019 | 10:28

A Fundação Municipal de Cultura apresenta até 1º de março, no MIS Cine Santa Tereza, a “Mostra Álbum de Família”, com exibições de filmes que abordam relações e contextos familiares a partir de diversas representações trazidas pelo cinema brasileiro. As sessões têm entrada gratuita, mediante retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

 

A mostra traz obras de ficção nacionais que tratam com sensibilidade as formas plurais assumidas historicamente pelas configurações familiares, abordando o afeto, os conflitos e as complexas questões objetivas e subjetivas que atravessam as relações entre pais, mães, filhos, irmãos e outros parentes, consanguíneos ou não, bem como as implicações do cenário político na vida privada.

 

Entre os filmes da programação, destacam-se “O Canto do Mar” (1953), de Alberto Cavalcanti, um drama sobre a desagregação familiar imposta pela necessidade de migração que se colocava aos trabalhadores e trabalhadoras nordestinos na década de 1950; “Bicho de Sete Cabeças” (2000), aclamado filme da diretora Laís Bodanzky com o ator Rodrigo Santoro no papel de um jovem internado pelo pai em uma instituição manicomial onde enfrenta péssimas condições de tratamento; e “Família no Papel” (2011), de Fernanda Friedrich e Bruna Wagner, que mostra a vida de casais homoafetivos com seus filhos, expondo as batalhas que eles enfrentam para tornarem-se oficialmente “no papel” a família que já são na vida real.

 

Além disso, a mostra exibe filmes sobre as relações diretas entre família e política como “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” (2006), de Cao Hamburguer; “Diário de uma Busca” (2010), de Flávia Castro; e ”Zuzu Angel” (2006), de Sérgio Resende, que traduzem os efeitos perversos da ditadura militar na vida familiar de inúmeros brasileiros. Os aspectos da memória, indissociáveis da vida familiar e da história pessoal de cada um, são abordados pelos filmes “Elena” (2012), de Petra Costa, que resgata os caminhos percorridos pela irmã da diretora ao tentar a vida de atriz em Nova York. Já “Santiago” (2007), de João Moreira Salles, revisita a própria história do diretor através das lembranças do mordomo da família que trabalhou em sua casa por 30 anos.

 

Mostra Álbum de Família

Até 1º de março

MIS Cine Santa Tereza

Rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza – Praça Duque de Caxias

ENTRADA GRATUITA

 

Programação Completa

6/2 – QUARTA-FEIRA, ÀS 19H30

O canto do mar (Alberto Cavalcanti | Brasil| 1953| Drama| 87 min)

Num litoral nordestino, uma família sofre com a miséria. A mãe assume a responsabilidade da família, já que o pai está louco e isolado de todos. O filho e a filha, inconformados com a situação e as dificuldades, sonham em ir embora, mas enfrentam diversas dificuldades. Classificação indicativa: 10 anos.

 

7/2 – QUINTA-FEIRA, ÀS 19H30

Santiago (João Moreira Salles| Brasil | 2007| Documentário| 80 min)

João Moreira Salles revisita a própria história por meio das lembranças do mordomo Santiago, que trabalhou para sua família por 30 anos. O filme questiona a relação entre diretor e personagem e o grau de realismo na tela. Classificação indicativa: livre

 

8/2 – SEXTA-FEIRA, ÀS 19H30

Bicho de sete cabeças (Laís Bodanzky | Brasil | 2000| Drama| 90 min)

O relacionamento entre Wilson e seu filho Neto está cada vez pior. O pai decide internar o filho em um manicômio, onde o rapaz enfrenta condições terríveis de tratamento. Classificação indicativa: 14 anos.

 

9/2 – SÁBADO

• ÀS 19H

São Bernardo (Leon Hirszman| Brasil| 1980| Drama| 113 min)

A trajetória de Paulo Honório, um modesto caixeiro-viajante que acaba enriquecendo valendo-se de métodos violentos. Baseado na obra homônima de Graciliano Ramos. Classificação indicativa: 10 anos.

 

• ÀS 17H

O ano em que meus pais saíram de férias (Cao Hamburguer| Brasil| 2006| Drama| 110 min)

Os pais de Mauro precisam viajar inesperadamente e o deixa aos cuidados de um vizinho judeu, o velho Shlomo. O filme mostra as marcas da ditadura brasileira na vida familiar, sob o olhar de um menino mineiro em 1970. Classificação indicativa: 10 anos.

 

10/2 – DOMINGO, ÀS 19H

Zuzu Angel (Sérgio Rezende | Brasil | 2006| Drama| 108 min)

Nos anos da ditadura, Zuzu Angel era uma estilista de sucesso que conquistava o mundo com o seu talento, até que seu filho Stuart desapareceu nas mãos dos militares, foi torturado e morto. Classificação indicativa: 14 anos.

 

12/2 – TERÇA-FEIRA, ÀS 19H30

Família no papel (Fernanda Friedrich e Bruna Wagner| Brasil| 2011| 52 min)

O filme mostra a vida de casais homoafetivos com seus filhos, expondo as batalhas que eles enfrentam para tornarem-se no papel a família que já são na vida real. Classificação indicativa: livre.

 

13/2 – QUARTA-FEIRA, ÀS 19H30

O Grão (Petrus Cariry | Brasil | 2007| Drama| 88 min)

Sentindo que a morte está próxima, Perpétua decide preparar o neto Zeca para a separação. Conta, então, a história de um rei e uma rainha, que, após perderem o único filho, desejam trazê-lo de volta à vida. Classificação indicativa: 12 anos.

 

14/2 – QUINTA-FEIRA, ÀS 19H30

Elena (Petra Costa | Brasil | 2012| Drama/Documentário| 90 min)

Petra Costa busca sua irmã mais velha, Elena, que foi para Nova York 20 anos atrás para realizar o sonho de ser atriz. Classificação indicativa: 12 anos.

 

15/2 – SEXTA-FEIRA, ÀS 19H30

Quase Samba (Ricardo Targino| Brasil| 2013| Drama| 90 min)

Teresa é cantora de samba, mãe solteira e está grávida do segundo filho. Ela se vê dividida entre dois homens que acreditam ser o pai da criança. Para criar seu primeiro filho, ela conta com a ajuda do seu melhor amigo e fiel escudeiro. Classificação indicativa: 16 anos.

 

17/2 – DOMINGO

• ÀS 17H

Uma vida em segredo (Suzana Amaral | Brasil | 2001| Drama| 102 min)

Biela é uma jovem que mora em uma fazenda. Quando seu pai morre, a garota fica sozinha e passa a morar com os primos na cidade que, embora seja pequena e interiorana, é uma realidade muito diversa da que Biela conhece. Classificação indicativa: 10 anos.

 

• ÀS 19H

Diário de uma busca (Flávia Castro | Brasil |2010| Documentário | 108 min)

Flávia Castro reconstrói a história de vida e morte de seu pai, Celso Castro, um jornalista de esquerda, encontrado morto no apartamento de um ex-oficial nazista.

Classificação indicativa: livre

 

27/2 – QUARTA-FEIRA, ÀS 19H30

Contra Todos (Roberto Moreira|Brasil | 2004 |Drama| 136min)

Uma história sobre mentiras, traição e vingança de uma família de classe média na periferia de São Paulo. Quatro personagens tentam desesperadamente mudar suas vidas, mas são incapazes de escapar de seu destino. Classificação indicativa: 16 anos.

 

28/2 – QUINTA-FEIRA, ÀS 19H30

Amores (Domingos de Oliveira|Brasil | 1998 |Drama| 100min)

Com a aproximação da virada do século XX, um grupo de amigos discute as suas relações e questiona suas vidas, traçando um rico painel sobre as inquietações humanas, tendo a caótica rotina do Rio de Janeiro como cenário. Classificação indicativa: 12 anos.

 

1º/3 – SEXTA-FEIRA, ÀS 19H30

A Casa de Alice (Chico Teixeira|Brasil | 2007 |Drama| 92min)

Alice, uma manicure que mora na periferia de São Paulo com sua mãe, marido e filhos, vê sua vida estagnada. Classificação indicativa: 14 anos.

Últimas Notícias

Vista aérea do Parque Juscelino Kubistchek, durante o dia. Parque Juscelino Kubistchek vai receber obras para maior conforto dos visitantes
Mais conhecido como Praça JK, o parque terá sua quadra de futebol de areia, muito procurada pelas comunidades, completamente reformada. 
14/08/2019 | 21:09
Mais de trinta pessoas passeando no BH é da Gente - Savassi, durante o dia. Shows de jazz, bossa e samba são atrações do BH é da Gente de domingo, dia 18/8

BH é da Gente tem ‘boliche ecológico’, ação contra Leishmaniose e shows de jazz, bossa e samba, neste domingo, dia 18/8.

14/08/2019 | 21:02