Pular para o conteúdo principal

“Mostra do Fim do Mundo” celebra o reencontro de danças com teatros municipais
Foto: Carol Rasslan

“Mostra do Fim do Mundo” celebra o reencontro das danças com teatros municipais

criado em 06/09/2022 - atualizado em 06/09/2022 | 17:16

O Teatro Francisco Nunes, o Teatro Marília e o Centro de Referência da Dança de Belo Horizonte (CRDança-BH) recebem a programação da “Mostra de Dança do Fim do Mundo”, produzida pelo Grupo Contemporâneo de Dança Livre. A mostra, que ocorre desta quinta-feira (8) a 24 de setembro, propõe uma reflexão sobre a dança. Entre as atividades estão ações formativas, espetáculos, entre outras atrações, todas gratuitas. A programação completa dos teatros municipais pode ser acessada no Portal Belo Horizonte.

Serão realizadas apresentações da mostra de videodança, espetáculos, performances, ações formativas e bate papos em diversos espaços da cidade – e também virtualmente. As atrações abordam questões sociais e políticas da contemporaneidade, sob um olhar crítico e transformador, fomentando e celebrando o reencontro das danças com a cidade. A curadoria foi realizada por André Sousa, Cib Maia e Leonardo Augusto.

Teatro Marília

Durante a “Mostra de Dança do Fim do Mundo”, o Teatro Marília será palco, neste sábado (10), às 20h, do espetáculo “Bicho no concreto”, do Grupo Jovem Arte e Passo. A apresentação busca traçar paralelos entre a construção da matéria e a construção humana, observar nossas relações comportamentais em sociedade e perceber como respondemos a um estímulo deixado evidente dentro da concretude da nossa evolução e da fragilidade das nossas condições existenciais. Ela aborda como a construção do indivíduo, interpessoal e coletiva, estabelece uma necessidade de disputa, transpassada pela racionalidade, sentimentos, instinto e leis socialmente estabelecidas. A entrada é gratuita e a retirada dos ingressos pode ser feita na bilheteria a partir de 2 horas antes do espetáculo ou pelo site www.diskingressos.com.br.

Na terça-feira (13), às 19h, o espetáculo “Umbigo do sonho”, de Fábio Costa, integra a programação do Terça da Dança. O projeto é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura que apresenta artistas independentes e grupos profissionais oferecendo uma programação contínua, composta por apresentações artísticas e ações formativas e reflexivas, sempre às terças-feiras, no Teatro Marília.

“Umbigo do sonho” traz a realidade de jovens negros por meio do encontro entre dança e psicanálise. O espetáculo narra a história e os sonhos do bailarino Fabio Costa, a partir de uma trama traçada pelo psicanalista Musso Greco. Fabio Costa quando criança, acompanhava a mãe, empregada doméstica, e já trabalhava nos jardins das casas. Ele trabalhou na construção civil na adolescência, vivenciou as brigas das quebradas, perdendo amigos no tráfico, até ser convidado, com 20 anos, dançando na rua, a fazer parte de um grupo de dança. A classificação etária é de 18 anos.

CRDançaBH

O Centro de Referência da Dança de Belo Horizonte - CRDançaBH recebe três ações formativas da “Mostra de Dança do Fim do Mundo”. As atividades têm inscrições gratuitas e podem ser feitas a partir do dia 14 de setembro, por meio de preenchimento  formulários on-line.

No dia 22 de setembro, quinta-feira, das 9h às 12h, será realizado o “Gestando novos caminhos  – com Mulheres em Dança”, com Andréa Anhaia, Joelma Barros, Marcia F. Neves e Marise Dinis. As quatro artistas criadoras, integrantes do ajuntamento Mulheres em Dança - desdobramento do Projeto Em PlaylistA - propõem o encontro criativo como extensão de suas experiências recentes em busca de manter seu trabalho no campo da improvisação e composição instantânea em dança. A atividade é voltada para mulheres, jovens e adultos de todas as idades, com classificação etária de 18 anos. Serão 20 vagas e os interessados podem se inscrever neste link.

No dia 23 de setembro, sexta-feira, das 10h às 12h, será realizada a oficina de dança “Dramaturgias do corpo: um corpo em ruína – com Rafael Batista”.  A partir dos princípios de organização e análise do movimento, sensibilização da percepção corporal aplicada à expressividade, a oficina abordará os princípios da improvisação, do desenvolvimento do movimento honesto e particular, e a articulação entre os códigos corpóreos e as motivações para a criação da cena. Para isso, a atividade propõe um aprofundamento no domínio do vocabulário físico do performer (ou não-atuante) buscando integrá-los ao sentido do trabalho cênico, fundamentado pelas ações físicas: linha, volume, densidade e precisão à serviço da organicidade do movimento. A atividade é voltada para o público geral, adultos, profissionais e/ou não profissionais das artes, acima de 18 anos. Serão 17 vagas e os interessados podem se inscrever neste link.

No dia 24 de setembro, sábado, das 10h às 12h, a programação traz a oficina “Dançar e criar mundos”, com Nicole Blach, que propõe investigar o que surge quando nos colocamos à deriva da experiência dançante. A atividade busca desenvolver condições que propiciem uma vivência deslocada em dança. Não focada na estética, ou na composição do movimento, mas na experiência de se mover e de assim, mover mundos. A oficina nos instiga a refletir sobre a potência do microuniverso que dá forma ao ato dançante, sobre sua força criadora, sobre a energia que rege os ciclos de morte e nascimento, sobre o deixar ir e sobre as possibilidades que surgem com as perdas. A ação formativa tem como público pessoas com ou sem experiência prévia em dança, interessadas em explorar as possibilidades criativas do ato dançante, com classificação etária de 18 anos.  Serão 20 vagas e os interessados podem se inscrever neste link.

Teatro Francisco Nunes

O Teatro Francisco Nunes também será palco de atração da “Mostra de Dança do Fim do Mundo”. O teatro recebe nos dias 16 de setembro, sábado, às 20h, e, 17 de setembro, no domingo, às 19h, a apresentação de dança "Orbis Finis", do Grupo Contemporâneo de Dança Livre.  Resistir, estar em estado de luta, reinventar na instabilidade, desobedecer e gerar mutações são alguns aspectos abordados no espetáculo "Orbis Finis". Na produção, o Grupo Contemporâneo de Dança Livre discute a resistência do indivíduo em meio às relações de poder e às estruturas de violência e sua capacidade de criar formas de existir nos cenários mais conturbados. A pesquisa de movimento do espetáculo dialoga com a ideia de sucessivos “fins do mundo”, eternas sensações de destruição e reconstrução, trabalhando com a repetição e degradação do movimento transformado por sua insistência em permanecer, trazendo a ideia de uma dança em eterna queda e recuperação. A entrada é gratuita e a retirada dos ingressos pode ser feita na bilheteria a partir de 2 horas antes do espetáculo ou pelo site www.diskingressos.com.br.

Esta programação foi selecionada por meio do Edital de Chamamento para Uso e Ocupação dos Teatros Públicos Municipais.

Programação Mostra do Fim do Mundo

De 08 a 24 de setembro


Dia 10 de setembro, sábado, às 20h

Espetáculo “Bicho no concreto” – Grupo Jovem Arte e Passo

Classificação: livre | Duração: 48 minutos

Local: Teatro Marília (Av. Prof. Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia)

Entrada gratuita mediante retirada de ingressos

Ingressos: retirada na bilheteria 2 horas antes do espetáculo ou pelo site www.diskingressos.com.br

Data: 13 de setembro, às 19h

Projeto Terça da Dança recebe “Umbigo do Sonho”, com Fábio Costa

Classificação: 18 anos | Duração: 35 minutos

Local: Teatro Marília (Av. Prof. Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia)

Entrada gratuita


Data: 16 e 17 de setembro, sábado, às 20h, e domingo, às 19h.

Espetáculo "Orbis Finis", do Grupo Contemporâneo de Dança Livre

Classificação: Livre | Duração: 60 minutos

Local: Teatro Francisco Nunes (Av. Afonso Pena, 1321 - Centro)

Entrada gratuita mediante retirada de ingressos

Ingressos: retirada na bilheteria 2 horas antes do espetáculo ou pelo site www.diskingressos.com.br

Data: 22 de setembro, quinta-feira, às 9h às 12h

Oficina: Gestando novos caminhos – com Mulheres em Dança (Andréa Anhaia, Joelma Barros, Marcia F. Neves e Marise Dinis)

Classificação: 18 anos

Local: Centro de Referência da Dança de Belo Horizonte - CRDançaBH (Av. Prof. Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia)

Entrada gratuita

Inscrições a partir de 14 de setembro neste link

Data: 23 de setembro, sexta-feira, às 10h às 12h

Oficina: Dramaturgias do corpo- um corpo em ruína – com Rafael Batista

Classificação: 18 anos

Local: Centro de Referência da Dança de Belo Horizonte - CRDançaBH (Av. Prof. Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia)

Entrada gratuita

Inscrições a partir de 14 de setembro clique aqui.

Data: 24 de setembro, sábado, às 10h às 12h

Oficina: Dançar e criar mundos- com Nicole Blach

Classificação: 18 anos/gratuito

Local: Centro de Referência da Dança de Belo Horizonte - CRDançaBH (Av. Prof. Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia)

Entrada gratuita

Inscrições a partir de 14 de setembro neste link

Mais informações: portalbelohorizonte.com.br