Pular para o conteúdo principal

Fachada da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, durante o dia.
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

Modelo da PBH para monitorar os ODS é destaque na Fundação João Pinheiro

24/09/2019 | 13:51 | atualizado em 24/09/2019 | 13:51

No dia 17 de setembro, servidores da Prefeitura de Belo Horizonte responsáveis pela rede do Observatório do Milênio e do monitoramento de indicadores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na cidade participaram dos Jogos Interdisciplinares da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro.  O evento, voltado para os alunos dos cursos de graduação em Administração Pública, foi promovido pela Gerência de Extensão e Relações Institucionais da instituição.

 

Com a Oficina “A Experiência dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Planejamento Municipal”, a equipe da Prefeitura apresentou a constituição da rede do Observatório do Milênio na cidade e o monitoramento de indicadores como instrumento de gestão.

 

O gerente de Indicadores da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rodrigo Nunes, destacou a vinculação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ao Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) e a elaboração do Orçamento Temático ODS de Belo Horizonte, detalhando sua estrutura, bem como a metodologia de elaboração desse orçamento temático. “Esta integração é um recurso estratégico fundamental para a gestão municipal, uma vez que o maior desafio para alcançar o desenvolvimento sustentável encontra-se na aplicação planejada e eficaz dos recursos públicos locais”, destacou Nunes.

 

A analista de Políticas Públicas Rosane Castro apresentou breve histórico da adoção do Pacto do Milênio e da Agenda ODS em Belo Horizonte e as principais ações da rede do Observatório do Milênio voltadas para o monitoramento de indicadores municipais. “Na exposição, destacamos a mudança no próprio conceito de sustentabilidade, que vai de uma ênfase na preservação ambiental para uma visão de desenvolvimento que incorpora as dimensões econômica, social e ambiental”, afirmou Rosane.

 

Após as exposições, os alunos participaram de atividade em grupo na qual estabeleceram o vínculo entre algumas ações de políticas públicas locais, selecionadas do PPAG 2018-2021, indicando os percentuais de vinculação entre as ações e os ODS, tal como ocorre no Orçamento Temático ODS do município. Mais informações sobre as ações da PBH no monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável podem ser obtidas neste link.