Pular para o conteúdo principal

Aluna acente a pira que marca o início dos Jogos Escolares de Belo Horizonte em 2019.
Foto: Divulgação PBH

Jogos Escolares de Belo Horizonte 2019 começam dia 6/5

29/04/2019 | 21:02 | atualizado em 24/05/2019 | 15:07
Com a participação de aproximadamente mil estudantes-atletas, além de autoridades e professores, foi realizada na manhã deste sábado, dia 27 de abril, a abertura oficial dos Jogos Escolares de Belo Horizonte 2019 (JEBH 2019), no Ginásio do Mackenzie, no bairro Santo Antônio, região centro-sul da capital. O JEBH 2019 terá início no próximo dia 6. Competição esportiva e educacional realizada pelo terceiro ano consecutivo pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio das secretarias municipais de Esportes e Lazer e de Educação, o JEBH recebeu as inscrições de 120 instituições de ensino das redes particular, municipal e estadual, além de centros socioeducativos e escolas de práticas de paradesportos.

 

A expectativa é de que cerca de quatro mil alunos disputem os jogos deste ano, um aumento em relação à edição do ano passado, quando 3.500 estudantes-atletas de 115 instituições participaram da competição. Na abertura, após o desfile de entrada dos estudantes-atletas e a execução do hino nacional, o fogo simbólico entrou em cena na quadra, com a tocha conduzida em revezamento pelos alunos Walace Basílio, Vivian Andrade, Layza Maria e Franciele Mendes, que teve a missão de acender a pira olímpica.

Responsável por declarar oficialmente a abertura dos jogos, o secretário municipal de Esportes e Lazer, Elberto Furtado, ressaltou o crescimento e o propósito da competição. “Os jogos desenvolvem a cidadania, a amizade, o companheirismo. Vocês, estudantes-atletas, são a razão de tudo isso. Estamos felizes por fazer o evento crescer a cada ano”, afirmou. 

 

Além de Elberto Furtado, a mesa de autoridades foi composta por Ângela Dalben (secretária municipal de Educação), Lúcio Souza (presidente do Mackenzie), Rubens Soalheiro (secretário adjunto de Esportes e Lazer), Mauro Roberto (presidente da Federação Mineira de Atletismo) e Darklane Rodrigues (subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania).

 

“Os jogos proporcionam união, companheirismo, responsabilidade e energia para a vida, além de possibilitarem a construção de um mundo melhor. É bom ver a cada ano o fortalecimento dessa oportunidade”, pontuou Ângela Dalben.  

 

 

Modalidades

As provas e os jogos do JEBH são realizados em equipamentos e instalações esportivas de instituições escolares e esportivas de Belo Horizonte. Com 24 modalidades, a compertição é disputada em duas categorias. O Módulo I reúne estudantes-atletas com idade entre 12 e 14 anos, enquanto o Módulo II é para estudantes-atletas com idade entre 15 e 17 anos.

 

As modalidades do JEBH são olímpicas e não olímpicas: atletismo, badminton, basquetebol, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez.

 

Há, ainda, as modalidades paralímpicas: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e voleibol sentado.

Com execução técnica da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG), o JEBH é a etapa municipal classificatória para equipes e estudantes atletas representarem o município nos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), permitindo, ainda, a classificação para representar Belo Horizonte em nível nacional nos Jogos Escolares da Juventude.